Skip to main content

Compartilhe isso!

Hoje em dia, o que é mais desafiador para os líderes nas organizações?

Se você ocupa hoje uma posição de liderança, é bem provável que você tenha superado uma série de obstáculos até chegar onde você está.

No entanto, sempre haverá desafios à frente de um líder; a questão é como você os transpõe.

E, com o cenário que se instalou no país e no mundo com as consequências da pandemia global, os desafios do líder na atualidade se multiplicaram.

Se os principais desafios de um líder já não eram fáceis de gerenciar, agora isso ficou ainda mais intenso.

Com isso em mente, separamos aqui uma lista com os 10 desafios da liderança empresarial que mais costumam cruzar o caminho de gestores e empresários:

  1. Contratar com qualidade;
  2. Lida com os desafios da liderança na gestão de conflitos;
  3. Delegar tarefas;
  4. Gerenciar o trabalho remoto;
  5. Incentivar as equipes;
  6. Lidar com a queda de demanda;
  7. Manter um boa comunicação;
  8. Superar a crise financeira;
  9. Promover o bem-estar dos colaboradores;
  10. Manter o próprio bem-estar.

Veja também: 5 tipos de liderança nas organizações: descubra qual o melhor modelo para sua empresa

10 atuais desafios da liderança empresarial

Os desafios do líder na atualizada foram potencializados pela pandemia global. Mesmo com a perspectiva de uma vacina no horizonte, é fundamental perceber que desafios relacionados a liderança as empresas ainda enfrentam e procurar as melhores soluções para eles.

Veja, a seguir, os principais desafios de um líder!

1 – Contratar com qualidade

desafios da liderança empresarial

Selecionar talentos para compor o quadro de funcionários é um dos maiores desafios da liderança empresarial. Isso porque, muitas vezes, a contratação baseia-se em aspectos pouco relevantes, como afinidade, primeiras impressões (geralmente estéticas e superficiais) e indicação de terceiros.

Ainda mais agora, com o distanciamento social, em que entrevistas pessoais não são recomendadas e que, possivelmente, o novo colaborador trabalhará de forma remota, por meio de home office.

O mais recomendado é que o processo de seleção de talentos seja baseado no perfil comportamental, nas habilidades, nos conhecimentos e na formação do candidato. E, mais que isso, o futuro profissional precisa compartilhar dos mesmos valores da empresa.

No quadro da pandemia, é fundamental fazer uso de novas ferramentas de seleção. O uso de aplicativos de videoconferência é uma boa alternativa às entrevistas pessoais.

Nesse contexto, pode ser usados:

  • WhatsApp;
  • Google Hangouts;
  • Skype;
  • Zoom.

Entre outros.

Quanto à aplicação de provas e testes, ferramentas de formulário online podem ser bastante úteis, veja algumas das mais usadas:

  • Google Forms;
  • Survey Monkey;
  • Typeform;
  • Wufoo.

Confira em nosso blog: O que é planejamento estratégico de gestão de pessoas e os 6 passos para implantar em sua empresa

2 – Lida com os desafios da liderança na gestão de conflitos

Conflitos nas empresas são normais e podem ser até saudáveis.

A verdade é que toda empresa têm recursos escassos e seus integrantes têm que lutar por eles. Assim, conflitos podem surgir na disputa de verbas e até mesmo no uso de uma sala. 

Esse tipo de conflito não é saudável. Conceitos que podem de alguma forma beneficiar a empresa são aqueles ligados a divergência de opiniões sobre como resolver um problema de gestão ou tocar um projeto.

Nesse caso, se o conflito for amigável, trata-se de uma forma de apresentar diferentes pontos de vista até se encontrar a melhor solução para o caso, sendo assim benéfico para a empresa.

O desafio do líder é saber que desafios mediar e quais deles tolerar e até incentivar, sem que se perca o controle sobre eles.

Leia mais: O que é gestão de conflitos e como usar 4 passos práticos para solucionar impasses na empresas

3 – Delegar tarefas

desafios da liderança empresarial

Outra dificuldade que os líderes costumam ter é a de delegar tarefas para seus liderados.

E, com as complicações de comunicação geradas pelas restrições sociais, isso pode se tornar ainda mais complexo, configurando-se em um dos principais desafios de um líder na atualidade.

A sua equipe será mais produtiva e estará mais capacitada a assumir mais responsabilidade quando você começar a delegar.

Para isso, existe um ciclo com 4 etapas básicas:

  1. Primeiro você deve priorizar sua carga de trabalho para, então, decidir quais tarefas manter sob sua responsabilidade e quais delegar a outra pessoa.
  2. Antes de delegar, de fato, você precisa conhecer o seu pessoal. você deve atribuir tarefas que correspondam aos seus conhecimentos e habilidades das pessoas que vão recebê-las.
  3. A terceira etapa é ser claro sobre o propósito da tarefa. O propósito de uma tarefa lhe dá significado e, ao alinhá-lo com os objetivos coletivos ou individuais, a delegação pode se tornar uma oportunidade de crescimento pessoal.
  4. Por fim, o processo de delegar tarefas também envolve avaliar e recompensar o trabalho. Quando a tarefa for concluída, avalie tudo o que foi feito com o seu subordinado e o recompense pelo bom trabalho realizado (se for o caso).

Leia também: Conheça o impacto de saber como delegar tarefas de forma eficaz

4 – Gerenciar o trabalho remoto

O trabalho remoto em home office chegou para ficar. Não há mais dúvidas de que mesmo com o retorno à normalidade, o trabalho à distancia aumentará muito nas empresas.

Mas como superar mais este desafios do líder na atualidade?

Sem dúvida ele deve se aliar à tecnologia e adotar, além das ferramentas de chamada em vídeo citadas acima, outras.

A gestão de tarefas e equipes por meio de aplicativos ajuda ater um melhor controle sobre o time. Alguns dos mais usadas são:

  • Pipefy;
  • Trello;
  • Basecamp.

O compartilhamento de arquivos em drives na nuvem também devem fazer parte do repertório de ferramentas digitais. Os mais populares são:

  • Google Drive;
  • Dropbox;
  • Microsoft OneDrive.

Por fim, vale citar as ferramentas de chat online, como o próprio WhatsApp ou apps especialmente desenvolvidos para a comunicação interna empresarial, como o Slack.

5 – Incentivar as equipes

desafios da liderança empresarial

Um salário e bons benefícios são duas coisas básicas que todo funcionário deseja. No entanto, os líderes costumam cometer o equívoco de achar que os seus colaboradores só estão trabalhando por recompensa monetária.

Existem outros fatores que os líderes devem levar em consideração se quiserem motivar suas equipes, como:

  • Maior equilíbrio entre vida profissional e pessoal;
  • Flexibilização da carga horária de trabalho;
  • Elogios;
  • Recompensas por metas alcançadas.

Incentivos não monetários não apenas economizam dinheiro e aumentam a motivação e a produtividade, mas ajudam os líderes a construir confiança com seu liderados.

Em tempos de pandemia, isso pode ser ainda mais desafiador, com as pessoas saindo menos, fazendo menos exercícios e se isolando, a moral pode ficar baixa e o desânimo tomar conta.

Por isso, promova interações online, concursos usando as ferramentas citadas e até eventos virtuais, como festinhas em que todos se encontram por meio dos apps e das mídias sociais.

Leia também: A influência do líder na relação entre liderança e motivação

6 – Lidar com a queda de demanda

É verdade que alguns setores da economia até se beneficiaram com a pandemia, com foi o caso das compras online, entregas de comida em domicílio e aplicativos de conversa com imagem.

Mas a maioria das empresas sofreu queda em sua demanda e, com isso, diminuição de suas entradas de caixa.

Esse é outro dos novos principais desafios de um líder na atualidade.

Para tentar recuperar a demanda será preciso pensar em formas criativas de atender às necessidades do público diante das restrições de mobilidade impostas.

Restaurantes que não trabalhavam com entregas, por exemplo, passaram a fazê-lo. escolas adotaram o ensino a distância e músicos começaram a fazer os já consagrados “lives”.

Cabe ao líder reunir a equipe e tender buscar formas criativas de atender seu público-alvo.

Veja mais: O que é gestão da demanda e como implementar em seu negócio

7 – Manter um boa comunicação

De todos os desafios da liderança empresarial, a comunicação talvez seja o mais recorrente. E, evidentemente, com a pandemia, isso ficou ainda mais crítico!

A capacidade de se comunicar claramente com as pessoas ao seu redor é uma das qualidades mais importantes de um líder. No entanto, isso não é tão fácil quanto parece.

A maioria dos líderes sente uma desconexão entre eles e sua equipe. Uma razão para isso é que seus níveis de autoridade são diferentes. Outro motivo é não conseguir comunicar claramente os objetivos e expectativas aos membros de sua equipe.

Não é fácil para os líderes serem transparentes com os seus funcionários sobre seus planos e estratégias. Apesar disso, é necessário encontrar uma maneira de comunicar isso para a sua equipe e orientá-la.

Ter conversas multilaterais sobre o trabalho com os membros da equipe é uma prática que ajuda os líderes e os colaboradores a entenderem as expectativas de cada um e permanecerem todos na mesma página.

Uma equipe que tem clareza sobre seu papel na organização tende a colocar mais esforços em seu trabalho, o que contribui para o sucesso da organização.

Veja também: Comunicação Corporativa: o que é e 6 dicas para melhorar

8 – Superar a crise financeira

Seus clientes estão com pouco dinheiro para gastar e os bancos estão cobrando juros altíssimos para te emprestar algum dinheiro. Isso, com certeza, é um cenário de crise financeira.

Isso pode ficar ainda mais grave para seu negócio se os clientes não apenas diminuirem compras, mas também se tornarem inadimplentes.

Nessas situações é preciso reduzir custos e despesas supérfluas de forma inteligente e tentar buscar outras fontes de recursos para a empresa. A venda de ativos que não estão sendo usados e só tem custos de manutenção pode ser uma ideia.

E no caso de corte de gastos, diminua as despesas apenas com aquelas atividades que não são o core business do negócio, como limpeza, por exemplo.

Confira em nosso blog: Pandemia de Coronavírus: 6 setores que ganham e 4 que perdem

9 – Promover o bem-estar dos colaboradores

desafios da liderança empresarial

Felizmente, depressão e ansiedade são assuntos que estão em alta nos dias de hoje. No entanto, saber lidar com essas questões no ambiente de trabalho ainda é um desafio para as lideranças.

Depressão e ansiedade são dois problemas de saúde mental mais comuns enfrentados pelos funcionários nos dias de hoje. Ignorar isso pode resultar em queda da produtividade e engajamento dos colaboradores.

Por isso, encontre maneiras de abordar os problemas de saúde mental e criar oportunidades para os funcionários aliviarem o estresse do trabalho, como atividades lúdicas e meditação.

DICA: Como melhorar o clima organizacional? Descubra com 7 dicas práticas

10 – Manter o próprio bem-estar

Para superar todos esses desafios, o líder pode acabar se sobrecarregando e ficando estressado.

Por isso, selecionamos algumas dicas para zelar pelo bem-estar da liderança:

  • Pratique exercícios físicos;
  • Não sacrifique o convívio com a família e os amigos;
  • Evite levar trabalho para casa;
  • Desconecte-se da empresa depois de determinados horários e antes de iniciar o dia de trabalho;
  • Alimente-se bem e evite comer no posto de trabalho;
  • Tome muita água;
  • Distraia-se com aquilo que gosta: cinema, livros, espirres etc.

Leia também: 7 dicas de como zelar pela saúde mental dos colaboradores e torná-los mais produtivos

Esses foram os desafios da liderança empresarial aos quais você precisa ficar atento. Se você souber lidar com eles, será um líder de sucesso. That’s all.

Saiba mais: Como desenvolver a liderança: 5 vantagens e 4 dicas de gestão

A Setting é uma consultoria que que valoriza as pessoas, a excelência e a gestão baseada em fatos. Assim, entrega resultados e agrega valor ao seu negócio, tornando sua liderança mais seguro e assertiva.

Uma das habilidades que um líder deve ter é a gestão de conflitos. Por isso, baixe nosso e-book gratuito: 8 dicas de como gerenciar conflitos

Flavia Secaf

Flavia Secaf

Sócia, Consultora e Coach, Flavia Stuart Secaf especialista em psicologia clínica, psicologia da educação e gestão empresarial, atuou em instituições públicas e privadas como consultora, orientadora e avaliadora educacional. Psicóloga clínica pela PUC-SP e Coach Executiva e Life Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute.

Comentários no Facebook