Consultoria

Como fazer um diagnóstico organizacional? Quais suas vantagens?

By 12 de abril de 2018 No Comments
Como fazer um diagnóstico organizacional

Alcançar bons resultados de maneira contínua e sustentável é o objetivo de todas as empresas.

Para isso, é imprescindível que você não somente conheça profundamente sua organização, mas que também seja capaz de detectar os problemas que precisam de solução e as oportunidades de melhoria.

Em outras palavras: você precisa saber como fazer um diagnóstico organizacional.

Afinal, se não conseguir entender e avaliar a situação de seus negócios, dificilmente irá realizar um direcionamento correto das atividades tomar as decisões adequadas em sua empresa.

Vamos entender melhor como fazer um diagnóstico organizacional?

O que é um diagnóstico organizacional?

Antes de descobrir como fazer um diagnóstico organizacional, é preciso compreender sua definição.

Diagnóstico organizacional é um conjunto de ações e análises que irá auxiliar os gestores a avaliarem profundamente sua empresa, conseguindo detectar seus pontos fortes e fracos.

Com isso, seria possível identificar e até mesmo prevenir problemas, bem como encontrar soluções mais certeiras para resolvê-los.

Você conseguiria formular todo um mapeamento de oportunidades e pontos que necessitam de melhorias, fornecendo um melhor embasamento para a tomada de decisão.

Mas engana-se quem pensa que apenas empresas que estão encarando problemas precisam de um diagnóstico.

Pelo contrário! Afinal, mesmo que as organizações estejam apresentando bons resultados, sempre haverá a chance de melhorias.

E um diagnóstico organizacional auxiliará nesse objetivo, ao oferecer uma visão ampla e dinâmica de toda a empresa.

Quais as vantagens?

Mas, afinal, quais as vantagens que um diagnóstico organizacional poderá trazer a uma empresa?

1- Entender a realidade de seu negócio

Para conseguir prosperar em qualquer área, é essencial conhecer o estado real em que se encontra.

Afinal, traçar objetivos também demanda saber qual será seu ponto de partida.

Ao saber como fazer um diagnóstico organizacional empresarial, você poderá compreender seu negócio com maior embasamento.

Você conseguirá detectar, por exemplo, qual o grau de maturidade da organização, realizar comparações de desempenho atual com aquele que é esperado, e até compreender quais áreas são mais importantes para os resultados do seu negócio.

2-Identificar pontos fortes e fraquezas

Ao conseguir fazer uma análise detalhada, será possível identificar quais são os pontos fortes e fracos que uma empresa está apresentando.

Com isso, estratégias mais certeiras serão criadas para resolver os problemas detectados, bem como se aproveitar dos pontos positivos.

O resultado será não somente um planejamento mais eficiente, mas resultados mais expressivos, o que tornará a organização mais competitiva em seu mercado de atuação.

3- Cultura organizacional

Realizando um diagnóstico, também será possível detectar as características da cultura organizacional.

É importante determinar se está havendo um alinhamento dos colaboradores com a missão, visão e valores de sua empresa.

Esse fator impacta diretamente na produtividade e no engajamento dos funcionários.

4-Tomada de decisão mais rápida e eficiente

Ao ter uma visão mais profunda de seus negócios, com uma ideia clara dos problemas e oportunidades, será muito mais fácil tomar de decisões.

É como ter em mãos todas as cartas necessárias para fazer uma boa jogada: além da agilidade, as chances de decidir com maior precisão aumentam expressivamente.

Como fazer um diagnóstico organizacional?

Há 5 passos fundamentais de como fazer um diagnóstico organizacional empresarial.

São eles:

1- Fazer as perguntas corretas

A primeira etapa de qualquer diagnóstico é coletar informações adequadas.

Para isso, você precisa considerar cada setor da empresa e realizar os questionamentos específicos voltados a cada área.

As perguntas certas são aquelas que conversam com a realidade de seu negócio, com suas atividades específicas.

É muito importante que os profissionais responsáveis pela realização do diagnóstico tenham certo grau de especialização, já que é essencial que saibam considerar os fatores mais adequados a cada ramo de atividade.

2- Estabelecer respostas

Com os questionamentos já estabelecidos, chegou o momento de respondê-los.

Para isso, você deve:

  • Entrevistar colaboradores;
  • Analisar documentos;
  • Estudar processos;
  • Comparar com planos de ação.

E tudo mais que compõe de maneira relevante as atividades que moldam a rotina da empresa.

O essencial é que as questões sejam respondidas da maneira mais realista e honesta possível.

3- Analisar resultados

Com as devidas respostas, é preciso analisar os resultados obtidos.

Nesse momento, você pode utilizar planilhas, gráficos, relatórios, ou quais ferramentas que considere relevantes para garantir a maior organização dos dados.

4- Identificar problemas e oportunidades

Após a análise dos resultados, é hora de definir quais ameaças e oportunidades foram detectadas.

Classifique todos os itens em uma ordem de prioridade, privilegiando o que precisa de maior atenção e envolvimento em sua resolução.

Assim você saberá por onde deve iniciar as ações de mudanças.

5- Desenhe suas estratégias

Conhecendo quais problemas devem ser combatidos, assim como sua ordem de prioridade, estabeleça quais serão as estratégias e os planos de ação utilizados.

É muito importante que todas as atividades de ajuste ou melhoria em sua empresa estejam muito bem programadas.

Ou seja, planeje bem cada passo antes de começar a agir!

Como realizar um diagnóstico eficiente?

Além de seguir as 5 etapas essenciais de como fazer um diagnóstico organizacional, é muito importante não deixar de considerar alguns itens fundamentais na hora de colocar em prática esse processo.

Sempre leve em conta as 5 grandes áreas de qualquer gestão:

  • Estratégia: de curto, médio e longo prazo e análise ambiental;
  • Finanças: controle e planejamento financeiro; margem de lucratividade; indicadores financeiros e margem de contribuição;
  • Marketing: relação com os clientes; mídia online; mídia offline e planejamento de marketing;
  • Recursos Humanos: recrutamento e seleção; treinamento e desenvolvimento; e retenção de talentos;
  • Operações: logística; processos e qualidade.

Assim, na hora de colocar em prática um diagnóstico organizacional, siga as etapas fundamentais considerando esses 5 setores.

Dessa maneira, os resultados obtidos irão refletir uma maior precisão e apontar os itens de maior importância para sua gestão.

Mas, mesmo com a aparente simplicidade, na prática, saber como fazer um diagnóstico organizacional adequado pode ser bastante desafiador.

Por isso, é essencial que exista uma equipe bem definida e especializada para desempenhar essa função com a devida experiência.

Caso contrário, os resultados obtidos poderão não ser muito eficazes ou tão adequados quanto deveriam.

Por isso, uma boa opção seria contratar os serviços de uma consultoria empresarial especializada.

A Setting realiza diagnósticos organizacionais de maneira detalhada e personalizada para cada empresa.

Confira mais de nossa metodologia baixando este infográfico gratuito: Como a Setting atua em sua empresa

Comentários no Facebook