Gestão Empresarial

Tipos de cultura organizacional: guiando sua empresa para bons resultados

By 17 de março de 2017 No Comments
Quais os Tipos de cultura organizacional

Também conhecida como cultura corporativa, a cultura organizacional refere-se ao conjunto de características e valores que são definidos pelos membros da organização. A cultura estabelece a mentalidade institucional e o modo de agir da organização.

A natureza cultural da empresa é observada pelo tratamento que ela tem com os seus funcionários e clientes, a autonomia e a liberdade entre suas unidades e escritórios, e a lealdade dos funcionários para com a empresa.

Mas você sabe quais são os tipos de cultura organizacional?

Descobrindo quais são os tipos de cultura organizacional

A grande questão é que existem vários tipos de cultura empresarial. Por este motivo, elaboramos este artigo para lhe apresentar alguns modelos de cultura, bem como exemplos de sucesso.

1. Hierarquia

O foco é interno e o ambiente de trabalho é estruturado e formal. Existe estabilidade e integração nas regras, funções, tarefas e procedimentos e real preocupação com o longo prazo, previsibilidade e eficiência.

Dentre o tipos de cultura organizacional, neste os líderes atuam no controle,  monitoramento, organização e coordenação. Há uma ênfase na solução de problemas e aversão ao risco.

Alguns pontos de atenção para empresas de cultura hierárquica são a cegueira para novas ideias, o controle excessivo a falta de habilidades sociais e o micro gerenciamento.

São exemplos dessa cultura empresas de manufatura, varejistas e governos.

  • Exemplos específicos: Wal-Mart, Toyota.

2. Clã

Para a cultura Clã, a melhor forma de obter os resultados é por meio das equipes. A busca por um ambiente de trabalho humano é constante e a liderança tem o papel de facilitar e estimular a participação, comprometimento e lealdade. O cliente é encarado como parceiro.

Há um grande foco na manutenção interna e desenvolvimento de pessoas. São empresas que geralmente mantém os colaboradores por meio de aprendizado contínuo e valores compartilhados.

Alguns pontos de atenção para essas empresas são a incapacidade de respostas rápidas, a falta de feedback crítico, falta de indicadores e abandono do curto prazo.

Geralmente são exemplos de cultura de clã empresas familiares, associações e parcerias.

  • Exemplos específicos: McKinsey, Ericsson.

3. Mercado

Diferentemente dos dois primeiros tipos de cultura organizacional, a Cultura de Mercado tem orientação externa. O foco está na produtividade e competitividade. A liderança deve focar no alcance dos objetivos e gerar lucros, bem como atrair lógica e previsibilidade.

O ambiente externo é encarado como hostil e os clientes precisam ter as exigências, que não são poucas, atendidas.

Os pontos de atenção para empresas desse tipo são fixação de metas irrealistas, competição desnecessária, desperdício de recursos, burnout e agressão excessiva.

Instituições financeiras são exemplos de empresas que normalmente possuem cultura de mercado.

  • Exemplos específicos: Microsoft, General Eletric.

4. Adhocracia

Flexibilidade é a palavra-chave nessa cultura. O foco é externo e a busca por produtos e serviços inovadores é contínua. A criatividade, dinamismo e empreendedorismo são incentivados por meio do ambiente, enquanto a liderança é visionária e canaliza os esforços para desenvolver o pioneirismo, mesmo que isso implique em erros.

Geralmente são empresas de visão clara, liberdade individual e aquisição contínua de novos recursos.

Pontos de atenção para empresas de cultura adhocrática são falta de trabalho em equipe, falta de lealdade, incapacidade de produzir ideias viáveis e micro gerenciamento.

Startups ou empresas em fase de criação, negócios criativos ou de projeto são exemplos que muitas vezes seguem uma cultura adhocrática.

  • Exemplos específicos: Google, Apple.

Atraindo grandes profissionais

As empresas sabem que ter as pessoas certas é um fator determinante para o seu sucesso. Mas isso não significa ter os funcionários com melhores formações, e sim, os que melhor se adaptam à sua cultura.

É importante investir pesado para, desde o início, contratar pessoas que estejam alinhadas ao seu tipo de cultura organizacional e criar mecanismos para reter esses profissionais. Quanto mais alinhados os valores, melhor será o desempenho do funcionário e, consequentemente, da organização.

Como antes de aceitar uma proposta de trabalho os profissionais geralmente procuram saber do clima e cultura da empresa, contar com funcionários motivados será um diferencial na atração de novos talentos.

Não importa quais são as características de sua empresa, utilize a cultura organizacional para resultados extraordinários. Tenha em mente que não existe uma cultura melhor ou pior, mas a que você escolher deve estar clara e alinhada com todos os colaboradores.

Deseja realizar um Diagnóstico de Cultura em sua empresa para obter os melhores resultados possíveis? Nós podemos te ajudar!

Gostou do artigo? Entendeu quais são os tipos de cultura organizacional? Siga-nos no Facebook, LinkedIn e Google+ e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Comentários no Facebook