Riscos e Compliance

O que é segurança corporativa e seus 5 aspectos principais

By 2 de julho de 2019 No Comments
segurança corporativa

Compartilhe isso!

A segurança corporativa é um conceito que vai muito além da segurança patrimonial.

Com o crescente número de ataques cibernéticos, a segurança corporativa tornou-se uma das prioridades no mundo dos negócios. Mas este também não é o único ponto a ser levado em conta. O gerenciamento de riscos e de crises também fazem parte dos aspectos da segurança corporativa.

No entanto, enquanto grandes empresas investem milhões nos mais recentes softwares e equipamentos de segurança, boa parte dos pequenos e médios empresários ainda não adotaram estratégias de segurança corporativa em suas rotinas e processos organizacionais.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar melhor o que é segurança corporativa e qual é a sua importância para os negócios.

Continue a leitura e descubra por quê implementar essa prática na sua empresa pode ser tão importante.

Leia também: Conheça 5 ferramentas de gerenciamento de riscos e toque sua empresa com mais segurança

Quer saber mais sobre este tema? Então, confira esta entrevista exclusiva com Carlos Borges:

O que é segurança corporativa?

A segurança corporativa identifica e efetivamente mitiga tudo aquilo que represente ameaça à integridade da organização, agindo também de maneira preventiva. Em seu contexto mais amplo, também se refere à prática de proteger clientes, funcionários, propriedades físicas, dados e informações.

É importante ressaltar que a segurança corporativa não deve ser vista como uma função autônoma, mas sim reconhecida como tendo a capacidade de trabalhar e aprimorar outras áreas do negócio, como governança corporativa.

Veja também: O que é governança corporativa e como funciona na prática?

Ao investir em segurança corporativa, a tendência é que se aumente a proteção dos capitais tangíveis e intangíveis da sua empresa, além de preservar a imagem organizacional perante clientes e investidores.

Os aspectos da segurança corporativa estratégica

A segurança corporativa estratégica é um campo complexo. Pois envolve muitos aspectos de segurança diferentes que a maioria do público em geral desconhece.

Assim, sada a própria natureza das corporações, os serviços de segurança corporativa são abrangentes e envolvem uma variedade de medidas e precauções que devem ser tomadas.

Os principais aspectos da segurança corporativa são:

  • Segurança física e pessoal;
  • Segurança da informação;
  • Governança corporativa;
  • Gerenciamento de riscos;
  • Gerenciamento de crise.

1 – Segurança patrimonial e pessoal

Este é o aspecto menos complexo da segurança organizacional, na maioria das organizações. Afinal, os serviços de segurança corporativa física e pessoal envolvem segurança privada tradicional, que podem incluir:

  • Patrulhas de segurança;
  • Controle de acesso;
  • Circuito interno de vigilância;
  • Guarda-costa;
  • Sistema de alarme, etc.

No entanto, instituições financeiras, como bancos, podem ter este aspecto como de grande relevância na gestão de seu negócio.

2 – Segurança da Informação

Com a transformação digital trazendo novas tendências, este é um dois pontos mais críticos da seguranças organizacional, atualmente.

A segurança da informação envolve a capacidade de impedir qualquer uso não autorizado ou acesso a dados confidenciais da empresa. Isso pode incluir:

  • Formulários físicos e eletrônicos;
  • Dados de colaboradores;
  • Dados de clientes;
  • Informações críticas sobre a empresa;
  • Paralização de sistemas;
  • Apropriação de valores monetários.

Entre diversos outros.

Para atender a esse aspecto, os sistemas de segurança de TI são projetados para impedir o acesso aos servidores internos da empresa e ao armazenamento em nuvem.

Saiba mais: Como fazer um planejamento estratégico de TI para a sua empresa? 

3 – Governança corporativa

Esse aspecto da segurança nas empresas envolve as maneiras pelas quais as corporações conseguem controlar e direcionar vários mecanismos, processos e relações internas e externas.

A governança corporativa não consiste em serviços típicos de segurança corporativa, mas sim em várias regras, procedimentos e medidas de controle projetadas especificamente para o ambiente regulamentar e de mercado da corporação.

4 – Gerenciamento de riscos

A gestão de riscos envolve a identificação, avaliação e classificação do nível de importância de vários riscos. Muitos serviços avançados de segurança corporativa se engajarão nessa avaliação de riscos.

O objetivo principal desse tipo de gerenciamento é ajudar a garantir que não haja ocorrências que possam levar uma empresa a se desviar das suas metas e objetivos de negócio.

Alguns dos riscos mais comuns que envolvem segurança corporativa estratégica são:

  • Fracasso dos projetos;
  • Espionagem corporativa;
  • Ataques físicos à empresa ou a seus funcionários;
  • Questões jurídicas;
  • Ataques à segurança de TI, etc.

Veja também:

5 – Gerenciamento de crise

Em uma organização, as relações públicas são o foco de boa parte da gestão de crises. Nesse sentido, a segurança corporativa deve estar sempre atenta à imagem que a empresa transmite, no intuito de evitar escândalos que possam prejudicar sua reputação.

A segurança corporativa não deve ser negligenciada. Quando isso acontece, a empresa fica mais vulnerável a infortúnios que podem causar danos irreversíveis.

Por isso, avalie com frequência as tecnologias e os recursos disponíveis para garantir que a empresa tenha as defesas certas para antecipar, responder e resolver possíveis ameaças.

Leia também: É possível controlar o clima organizacional e a motivação em tempos de crise?

A Setting é uma consultoria de gestão empresarial com foco em resultados e geração de valor. Com uma atuação ética e transparente, sempre baseada em fatos, valorizando as pessoas e a excelência, seu objetivo e oferecer soluções de gestão efetivas e seguros.

Quer fazer um diagnóstico de seu negócio em busca de pontos que precisam ser melhorados? Então, baixe nosso e-book gratuito: Por dentro do diagnóstico empresarial

Jorge Secaf Neto

Author Jorge Secaf Neto

Sócio fundador da Setting Consultoria e Gestão Empresarial e Conselheiro Certificado IBGC, atua como Conselheiro, Consultor Sênior ou assume responsabilidade executiva (interim manager) em organizações que buscam transformação. Graduado em engenharia civil (Mackenzie), pós-graduado em engenharia de produção (Politécnica), possui formação executiva por meio de cursos de longa duração em instituições de renome no Brasil e no exterior (Fundação Dom Cabral; Kellogg; INSEAD; Harvard). Atuou como examinador do Prêmio Nacional da Qualidade por 10 ciclos e tem seus principais interesses acadêmicos e profissionais vinculados à educação executiva e à busca pela excelência em governança e gestão organizacional.

More posts by Jorge Secaf Neto

Comentários no Facebook