Riscos e Compliance

Análise de cenários e identificação de riscos: 7 dicas que você precisa conhecer para ser mais assertivo nas decisões

By 17 de setembro de 2019 No Comments
Análise de cenários e identificação de riscos

Compartilhe isso!

Para que uma empresa seja bem sucedida, planejar-se estrategicamente é fundamental. Nesse sentido, a análise de cenários e identificação de riscos não podem ser deixadas de lado.

Considerar o contexto em que a sua empresa está inserida, projetar situações e compreender o impacto que determinadas decisões podem representar para o seu negócio são práticas que permitem chegar mais longe.

Pensando nisso, elaboramos este artigo. Assim, você pode esclarecer o que é análise de cenários e identificação de riscos, sua importância para os negócios e 7 dicas para você colocar em prática.

E então, vamos à leitura?

Leia também: 5 etapas do gerenciamento de risco: evite ameaças para sua empresa

O que é análise de cenários e identificação de riscos?

A análise de cenários e a identificação de riscos são importantes ferramentas estratégicas. Elas ajudam avaliar a flexibilidade e a resiliência da sua empresa, incentivando os tomadores de decisão a considerar aspectos que moldam suas escolhas de hoje.

A análise de cenários não tem como objetivo prever o futuro da sua empresa. A intenção é saber o potencial que determinadas situações têm para se concretizarem, tendo em vista o contexto atual.

Por que é importante?

A análise de cenários e identificação de riscos servem para tornar a sua empresa mais preparada para enfrentar possíveis problemas. Assim, é possível refinar suas estratégias de negócio visando sempre os melhores resultados.

Confira em nosso blog: Exemplo de Matriz de Risco: o que é e como usar nos negócios

7 dicas para fazer análise de cenários e identificação de riscos

1 – Defina o problema

O problema é a situação que você precisa resolver ou a decisão que você precisa tomar. Assim, suponhamos que você queira abrir uma nova unidade da sua loja. A análise de cenários e identificação de riscos podem ser utilizadas para te ajudar neste problema.

2 – Pense estrategicamente

A análise de cenários e identificação riscos são práticas que exigem pensamento estratégico. Ou seja, é preciso saber olhar para o agora pensando no futuro que se quer construir: o que podemos fazer hoje para que o amanhã seja mais favorável?

3 – Considere fatores macroambientais

Para analisar cenários e identificar riscos, é extremamente importante compreender os fatores macroambientais que exercem influência no seu negócio.

Uma ferramenta muito utilizada para esta finalidade é a Análise PESTEL. A intenção é investigar como os fatores Políticos, Econômicos, Sociais, Tecnológicos, Ecológicos e Legais interferem nas atividades da sua empresa e os riscos presentes em cada um desses aspectos

4 – Conheça as particularidades do seu setor

É importante também que você saiba quais são as particularidades do setor em que a sua empresa atua para conseguir analisar cenários e identificar riscos.

Considere aspectos como:

  • cadeia produtiva;
  • processos de criação de valor;
  • tecnologias necessárias;
  • atratividade;
  • ciclo de vida do setor.

5 – Entenda o mercado

Entender o mercado em que a sua empresa está inserido também é necessário para uma análise de cenários mais eficaz. Aqui, você precisa considerar aspectos como:

  • concorrência;
  • fornecedores;
  • público-alvo (comportamento, padrões de consumo, etc);
  • sazonalidade;
  • desempenho mercadológico;
  • nível de diferenciação dos produtos.

Para entender o seu mercado, bem como suas oportunidades e ameaças, você pode fazer uma análise das 5 Forças de Porter. Trata-se de uma ferramenta bastante utilizada para compreender as principais forças competitivas que exercem influência sobre o seu negócio.

6 – Verifique o histórico de incidentes

Para projetar cenários e identificar os riscos que determinadas decisões podem representar, que tal dar uma olhada no seu histórico de incidentes? A intenção é verificar o que já deu errado e evitar repetir os mesmo equívocos.

Na hora de decidir sobre algum investimento, por exemplo, você pode buscar nos seus registros ocasiões em que o seu dinheiro não foi aplicado da melhor maneira e quais foram as consequências dessa má decisão em específico.

7 – Faça pesquisas

As pesquisas de mercado são importantes fontes de dados valiosos para análise de cenários e identificação de riscos.

Se você quiser, por exemplo, fazer alguma mudança na sua loja, é possível consultar seus clientes para saber a opinião deles. Assim, é possível analisar os riscos que tais mudanças podem representar para os índices de satisfação.

As pesquisas também podem ser usadas para avaliar a cultura de risco da organização. A intenção é compreender o entendimento das equipes em relação às principais políticas e procedimentos de risco e governança da empresa.

Veja também: Conheça 5 ferramentas de gerenciamento de riscos e toque sua empresa com mais segurança

Precisa de mais algumas dicas sobre análise de cenários? Então, confira este vídeo da Siteware:

Essas foram as nossas dicas para análise de cenários e identificação de riscos. Coloque-as em prática e tome decisões mais assertivas.

Saiba mais: Ferramentas de análise de cenário interno e externo: 3 dicas para tomadas de decisão mais assertivas

A Setting é uma empresa de consultoria que valoriza as pessoas, a transparência, a excelência e o foco nos clientes, por isso, analisa todos os cenários para minimizar qualquer risco de que seu negócio não atinja os resultados esperados.

Quer entender melhor como uma consultoria pode ajudar sua empresa a correr menos riscos? Então, baixe nosso e-book gratuito: O que esperar de uma consultoria em gestão e como escolher o parceiro certo

Jorge Secaf Neto

Author Jorge Secaf Neto

Sócio fundador da Setting Consultoria e Gestão Empresarial e Conselheiro Certificado IBGC, atua como Conselheiro, Consultor Sênior ou assume responsabilidade executiva (interim manager) em organizações que buscam transformação. Graduado em engenharia civil (Mackenzie), pós-graduado em engenharia de produção (Politécnica), possui formação executiva por meio de cursos de longa duração em instituições de renome no Brasil e no exterior (Fundação Dom Cabral; Kellogg; INSEAD; Harvard). Atuou como examinador do Prêmio Nacional da Qualidade por 10 ciclos e tem seus principais interesses acadêmicos e profissionais vinculados à educação executiva e à busca pela excelência em governança e gestão organizacional.

More posts by Jorge Secaf Neto

Comentários no Facebook