Processos

Produtividade no home office: 10 dicas e 4 ferramentas

Produtividade no home office

Compartilhe isso!

Como aumentar minha produtividade no home office?

Se você está começando agora nessa modalidade de trabalho remoto, ou mesmo se você já trabalha há um tempo com isso, essa pode ser uma dúvida constante.

Trabalhar em home office é o sonho de muitas pessoas.

Por quê?

Porque muitos acreditam que não vão ter que acordar horas antes do horário de trabalho, não vão precisar pegar transito, engarrafamentos etc. E isso é algo que motiva muitas pessoas, atualmente, a procurarem essa nova maneira de trabalhar.

Mas essa é uma visão que precisa ser analisada com cuidado. Afinal, a produtividade em home office depende de vários fatores que, se não seguidos de forma firme, podem trazer muita dor de cabeça e transtornos.

Por isso, fique atento às 10 dicas de produtividade no home office que selecionamos para você:

  1. Horário
  2. Comprometimento
  3. Tire o pijama
  4. Hábitos Saudáveis
  5. Planilhas
  6. Comunicação
  7. Rotina
  8. Pausas
  9. Local de trabalho
  10. Distrações

Leia também: 10 ideias práticas e efetivas para melhorar a produtividade da empresa

Além do home office, sua empresa talvez precise implementar outras ações emergenciais em função da pandemia.

Acesse este link e confira um passo a passo de como gerenciar um Comitê de Crise do Coronavírus.

Neste link, você também tem acesso às medidas imediatas que precisa tomar: Coronavírus medidas imediatas

10 dicas para produtividade no home office

Se você deseja aumentar sua produtividade trabalhando em casa, abaixo segue uma lista de dicas que você deve seguir!

1. Horário

A princípio, uma das vantagens imediatas que as pessoas encontram no home office é a capacidade de fazer seu próprio horário de trabalho. Mas isso é uma verdade parcial.

Não ter um horário de trabalho definido pode tornar sua vida difícil de forma bem rápida no home office.

Então, a primeira “regra” é definir um horário para trabalhar, principalmente, o horário de começar a trabalhar.

Assim, você evita adiar esse momento e consegue muito mais produtividade.

2. Comprometimento

Ter comprometimento também é importante. Se você combinou algo com o seu cliente ou mesmo com o seu patrão, cumprir o prometido é uma obrigação.

Pense o seguinte, se você estive-se trabalhando em um local presencial, as tarefas impostas a você teriam um prazo para ser cumpridas. Assim, o mesmo vale para o home office.

3. Tire o pijama

Trabalhar em casa traz, aparentemente, outra satisfação. Poder trabalhar de pijama ou com roupas confortáveis. Mas, na prática, não funciona bem assim.

Você precisa se preparar para o trabalho para ter um rendimento maior.

Aliás, quando você trabalha fora esse “preparar” inclui coisas como:

  • Tomar banho;
  • Tomar café;
  • Colocar uma roupa adequada;
  • Ir trabalhar.

Por isso, para trabalhar em casa é necessário também colocar a sua “roupa de trabalho”. Porque isso ajuda o cérebro a se preparar, algo como “agora é hora de trabalhar”.

E, dessa forma, cria-se o mindset necessário para por as mãos à obra!

4. Hábitos Saudáveis

O home office normalmente se resume a trabalhar sentado. Se você faz isso por muitas horas diárias, pode trazer problemas no futuro.

Má postura, falta de exercícios, má alimentação etc., são a chave para problemas físicos e mentais, como sedentarismo, estresse, obesidade e depressão.

Por isso, adquira hábitos saudáveis. Se alimente bem, coma frutas, beba água, pratique exercícios em casa, enfim, se movimente.

5. Planilhas

Não importa se será em uma folha de papel, no seu computador ou em um quadro na parede, mas faça uma planilha com os projetos que você precisa entregar, as etapas e principalmente, defina prazo para cada uma delas.

Quando você “tira” esses dados da cabeça e os organiza de uma forma visível, a sua produtividade aumenta em muito.

6. Comunicação

Se comunique com seus colegas ou clientes de forma frequente. Converse sobre as melhores alternativas para aquele projeto e informe os possíveis problemas.

Não conseguirá entregar algo no dia ou hora informados? Seja transparente e fale para o seu cliente. Explique os motivos.

Ser transparente e comunicativo é algo muito importante no home office.

7. Rotina

Como dito em um tópico anterior. Estabelecer uma rotina de trabalho é fundamental. Horário de início do trabalho, intervalo, alimentação, fim do expediente.

Quanto mais regrada for sua rotina, maior será a sua produtividade.

8. Pausas

Pausas são importantes também. Em home office não se trabalha com o corpo, mas sim com a mente e o nosso cérebro também cansa.

Dessa forma, defina pausas no trabalho. Tome um café, tire um cochilo, faça alguns exercícios.

Pausar é mais produtivo do que trabalhar sem descanso.

9. Local de trabalho

Separe um espaço para o seu trabalho e o transforme no seu escritório. Preferencialmente um local isolado, arejado e que tenha luz solar.

Trabalhar em locais improvisados é contraprodutivo.

10. Distrações

Home office também significa “acesso ilimitado a internet”. Para a produtividade, evite distrações como WhatsApp e redes sociais (é incrível o quanto isso “rouba tempo” diariamente).

Existem programas e aplicativos que bloqueiam essas distrações forçando você a se concentrar.

4 ferramentas para produtividade em home office

Outra forma de melhorar sua produtividade durante o home office é usando ferramentas online. Conheça 4 delas!

2. Pipefy

Pipefy é uma ferramenta de gestão de equipes de trabalho. Lá é possível estabelecer os parâmetros de um projetos, definir quem fará cada etapa e os prazos.

Mas ele também pode ser utilizado para você estabelecer suas próprias tarefas e prazos, como em uma planilha.

Confira mais detalhes sobre o Pipefy neste vídeo:

2. Google Drive

O Google Drive é uma ferramenta do Google que permite armazenar e trocar arquivos com seus colegas em tempo real.

Inclusive ela conta com aplicativos para redação de textos, criação de planilhas, apresentações e muitos outros, editáveis simultaneamente.

3. FocusWriter

Se você está “cansado” de programas de computador como o Word ou acha que eles têm “distrações demais” o Focus Writer pode ser a solução para você.

Ele apresenta uma interface “sem nada” de distrações enquanto você escreve, não apresentando os erros de português e configurações que fazem a pessoa “ir e voltar” no texto.

Após a produção do texto você pode utilizar outros programas (como o próprio Word) para fazer as correções necessárias.

4. Slack

Uma ágil ferramenta de comunicação interna que usa uma interface na forma de chat. Assim, é muito indicada para integrar equipes de trabalho de uma maneira bem espontânea.

É possível criar salas específicas por projetos ou departamentos e, dessa forma, direcionar mensagens para grupos. Além disso, conta com diversas outras funcionalidades.

Confira mais sobre o Slack neste vídeo:

Portanto, a produtividade em home office depende bastante de disciplina, com ajuda da tecnologia. Experimente, você vai ver que vai funcionar!

 

Saiba mais: Como implantar home office na empresa: 5 dicas para transicionar do trabalho presencial para o trabalho em casa

A Setting é um consultoria empresarial que valoriza as pessoas, a ética e a transparência e, dessa forma, trabalha sempre usando uma visão sistêmica, baseada em fatos.

Por isso, entrega resultados e agrega valor ao seu negócio, transmitindo e compartilhando conhecimento com total transparência.

E se você está precisando de ajuda neste momento de crise, não deixe contar com agente:

Clique já e se inscreva na sessão de mentoria gratuita da Setting

Vera Maria Stuart Secaf

Author Vera Maria Stuart Secaf

Sócia e Consultora sênior, atua há mais de 20 anos na gestão em organizações de diversos portes e setores. Ministrou aulas nos cursos de pós graduação da FUPAM, FEA/USP, FGV in Company e ANBIMA. Vera é administradora de empresas com MBA na Fundação Dom Cabral e Kellogg e Master em Governança na Nova Economia pelo GoNew Economy.

More posts by Vera Maria Stuart Secaf

Comentários no Facebook