Liderança

Tudo que você precisa saber sobre inteligência emocional para líderes: o que é, qual a importância e 5 dicas

By 28 de maio de 2020 No Comments
Inteligência emocional para líderes

Compartilhe isso!

Tudo sob controle. Pelo menos é isso o que comumente se espera de um líder, inclusive no que se refere às suas emoções.

Para liderar com eficiência, é imprescindível que haja inteligência emocional por parte daquele que está no comando de uma equipe ou de uma organização.

Mas, afinal, o que é e qual a importância da inteligência emocional para líderes? Como ela pode interferir na liderança no trabalho?

Nas próximas linhas, vamos responder a esse questionamento e ainda mostrar 5 dicas essenciais de como melhorar a inteligência emocional.

Leia também: Liderança em tempos de crise: como motivar equipes em momentos difíceis

Confira as medidas imediatas para proteger seu negócio do Coronavírus: Ações Imediatas

E se você quer implementar um comitê de crise em sua empresa, então, acesse agora mesmo: Plano para o Comitê de Crise do Coronavírus

O que é inteligência emocional?

Podemos definir o que é inteligência emocional como a capacidade que o ser humano tem de compreender e controlar suas emoções e a das pessoas que o cercam. O indivíduo que tem inteligência emocional consegue entender aquilo que ele está sentindo, bem como o significado e a natureza daquelas emoções.

Diferentemente do que muitas pessoas podem pensar, a inteligência emocional não significa ser “frio” e não se deixar abalar pelas emoções. Muito pelo contrário, ser emocionalmente inteligente é saber sentir essas emoções e buscar o que há de melhor nelas.

Este post também pode interessar a você: Liderança Situacional: definição, como funciona e por que implementar na sua gestão

Veja mais sobre a inteligência emocional neste vídeo de Wendell Cravalho:

A importância da inteligência emocional para líderes

Ok. Mas qual a importância da inteligência emocional para líderes? Toda, na verdade.

O líder que possui inteligência emocional é capaz de conduzir uma equipe ou uma organização de maneira mais eficiente. Isso porque, em situações mais estressantes e conflituosas, essa habilidade é essencial para avaliar os fatos e chegar a soluções eficazes.

Quando não há inteligência emocional por parte da liderança, fica bem mais difícil conduzir os trabalhos e alcançar os resultados previamente estabelecidos. O clima tende a ficar muito pesado e desconfortável para os colaboradores, impactando negativamente seu desempenho.

A ausência de inteligência emocional do líder inibe os liderados de exporem suas ideias e também suas próprias emoções.

Veja mais: Os desafios da liderança empresarial: 5 principais obstáculos que (quase) todo líder precisa enfrentar

Os 5 pilares da inteligência emocional

A inteligência emocional para líderes baseia-se em 5 pilares. São eles:

1 – Autoconsciência

Ter consciência sobre si mesmo, na perspectiva da inteligência emocional, é entender plenamente suas emoções e o impacto delas sobre os outros.

2 – Autorregulação

A autorregulação tem a ver com o controle das próprias emoções. É a capacidade de saber calibrar os sentimentos para evitar “explodir” e tomar decisões equivocadas.

3 – Motivação

Outro pilar da inteligência emocional é a capacidade de se motivar e motivar os outros a atingir objetivos pré-estabelecidos.

4 – Empatia

Saber se colocar no lugar do outro também é essencial para o desenvolvimento da inteligência emocional.

Por meio da empatia, o líder consegue entender melhor os diferentes pontos de vista de seus colaboradores.

5 – Habilidades sociais

Por fim, este pilar da inteligência emocional para líderes se refere à capacidade de conviver em grupo. Sem habilidade sociais, dificilmente o líder conseguirá solucionar conflitos e fazer a correta gestão de mudanças.

Leia mais: A influência do líder na relação entre liderança e motivação

Confira 8 habilidades de quem tem inteligência emocional, segundo a Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional – SBie:

Inteligência emocional para líderes

5 dicas de como melhorar a inteligência emocional

Com base nos pilares da inteligência emocional que acabamos de ver, separamos aqui algumas dicas fundamentais para que você possa melhorar a sua inteligência emocional.

Confira!

1 – Desacelere de vez em quando

Para melhorar a inteligência emocional, é importante saber desacelerar um pouco para avaliar determinada situação com mais calma e racionalidade. Dessa forma, evita-se reagir por impulso e de forma precipitada.

2 – Não tenha medo de se mostrar vulnerável

A vulnerabilidade é um aspecto que humaniza a figura do líder. Assumir que você nem sempre terá a resposta para tudo é algo positivo para a inteligência emocional.

Quando o líder expõe sua vulnerabilidade e é honesto em relação a isso, alia-se a pressão emocional de não poder nunca cometer erros. Além disso, isso o aproxima de seus liderados.

3 – Compartilhe informações com seus colaboradores

A motivação, que é um dos pilares da inteligência emocional, está diretamente ligada ao conhecimento que os colaboradores têm sobre o funcionamento da equipe e sobre os projetos em desenvolvimento.

Portanto, é importante que o líder mantenha seus colaboradores muito bem informados e compartilhe seus conhecimento.

4 – Ajude seus liderados a se desenvolverem pessoal e profissionalmente

O líder com inteligência emocional busca incentivar o crescimento de seus liderados, tanto no âmbito pessoal como no profissional.

Ele entende que, para que sua equipe ou organização consiga alcançar melhores resultados, é importante criar condições para que cada colaborador também possa prosperar individualmente.

5 – Atente-se às diferentes perspectivas

Por fim, encerrando as nossas dicas de como melhorar a inteligência emocional, é necessário que o líder desenvolva a capacidade de ouvir o que as outras pessoas a sua volta têm a dizer e como cada uma delas enxerga determinada situação. Essa é uma forma de praticar a empatia e chegar a soluções mais eficazes.

Veja também: 6 formas de um líder motivar individualmente seus colaboradores

Agora que você já sabe mais sobre inteligência emocional para líderes, que tal começar a desenvolver essa habilidade?

A Setting é uma empresa de consultoria que equilibra execução e transferência de conhecimento para, assim, alcançar resultados.

Dessa forma, faz uma gestão baseada em fatos, com ética e transparência, para criar valor para sua empresa. Por isso, seu foco é no cliente, a quem atende com excelência e valorizando as pessoas.

Dentre as atividades que exigem muita inteligência emocional está a gestão de conflitos. Quer dominar esse tema? Então, baixe nosso e-book gratuito: 8 dicas de como gerenciar conflitos

Precisando de ajuda neste momento de crise? Pode contar com a Setting!

Clique já e se inscreva na sessão de mentoria gratuita da Setting

Flavia Secaf

Author Flavia Secaf

Sócia, Consultora e Coach, Flavia Stuart Secaf especialista em psicologia clínica, psicologia da educação e gestão empresarial, atuou em instituições públicas e privadas como consultora, orientadora e avaliadora educacional. Psicóloga clínica pela PUC-SP e Coach Executiva e Life Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute.

More posts by Flavia Secaf

Comentários no Facebook