Governança

Exemplos de Governança Corporativa: 3 cases de sucesso para se inspirar

By 30 de janeiro de 2020 No Comments
Exemplos de Governança Corporativa

Compartilhe isso!

Você considera a gestão de seu negócio madura e profissionalizada?

A Governança Corporativa pode ser definida como um conjunto de regras, procedimentos e políticas internas e externas que têm como objetivo orientar, otimizar e profissionalizar a gestão organizacional.

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) define a GC como:

“Um sistema pelo qual as empresas e demais organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e demais partes interessadas”.

Ainda segundo o IBGC, a Governança Corporativa é a responsável por converter os princípios de uma empresa em orientações claras e objetivas. Dessa forma, capazes de favorecer a qualidade da gestão.

Por meio da Governança Corporativa, os processos se tornam mais ágeis e transparentes. Além disso, as ações de GC fomentam a descentralização da gestão. E, assim, garantem maior autonomia aos demais agentes envolvidos nas tomadas de decisão.

Cada vez mais empresas estão implementando boas práticas de Governança Corporativa, reconhecendo sua importância para os resultados do negócio.

Neste artigo, separamos 3 exemplos de empresas com Governança Corporativa. Dessa forma, você poderá entender como é possível colocar em prática as ações de GC e os benefícios que tais ações podem oferecer para o seu negócio.

Veja mais: O que é governança corporativa e como funciona na prática?

Você conhece as características da governança corporativa? Então, dê uma olhada neste infográfico:

Exemplos de Governança Corporativa

3 exemplos de governança corporativa na prática

A lista de exemplos de empresas com Governança Corporativa que você vai ver a seguir tem como base o índice Estadão Empresas Mais de Governança Corporativa.

A avaliação, de caráter qualitativo, foi feita a partir da análise do nível de aderência das organizações ao Código Brasileiro de Melhores Práticas de Governança Corporativa publicado pelo (IBGC).

1 – BR Distribuidora

Dando início à nossa lista de exemplos de Governança Corporativa nas empresas, temos a BR Distribuidora.

A empresa, que tem o capital aberto deste 2017, segue à risca todos os todos os procedimentos e padrões de GC compatíveis com o seu mercado de atuação.

O objetivo da BR Distribuidora é continuar aprimorando suas práticas e estruturas de Governança Corporativa, fazendo adequações e melhorias em seus processos a fim de conquistar a certificação do Programa Destaque em Governança das Estatais da B3.

Em entrevista para o Estadão, o presidente da BR Distribuidora, Ivan de Sá, afirmou que todas as práticas de Governança Corporativa adotadas pela companhia têm como base os valores da organização previstos no Planejamento Estratégico da empresa e no Plano de Negócios e Gestão.

Para Sá, essas boas práticas de GC garantem maior confiabilidade às tomadas de decisão e ajudam a agregar mais valor aos acionistas, assegurando transparência e robustez à gestão.

2 – Pif Paf Alimentos

Na Pif Paf Alimentos, segundo case da nossa lista de exemplos de empresas com Governança Corporativa, as boas práticas adotadas pela companhia ajudaram a garantir maior sustentabilidade e confiança no mercado.

De acordo com o CEO da empresa, Paulo Andrade, as tomadas de decisão ocorrem de maneira colegiada. Isso reduz riscos e possíveis conflitos de interesse. Assim, o que contribui para o aumento da confiança dos acionistas e dos investidores.

A Pif Paf Alimentos conta com um Conselho de Administração que zela pelas boas práticas de Governança Corporativa da empresa.

Sete conselheiros são responsáveis por definir as orientações gerais para a companhia, além de eleger os diretores e os comitês de auditoria, gestão de riscos, estratégia e finanças.

Mensalmente, a gestão executiva da Pif Paf Alimentos apresenta suas ações e respectivos resultados, os quais são avaliados junto com o Conselho de Administração.

Cabe também a este Conselho definir as funções e responsabilidades de todos os administradores da empresa. Estes, que são liderados pelo presidente da organização, são responsáveis por executar as políticas e os regulamentos internos. Além disso, devem garantir o cumprimento das leis relativas às atividades da empresa.

3 – DataPrev

Encerrando nossos exemplos de Governança Corporativa nas empresas, temos o caso do DataPrev.

Em 2017, a empresa de tecnologia fez uma série de aprimoramentos em suas ações para se adequar à Lei das Estatais.

Dentre tais ações, podemos citar a criação de uma Superintendência de Governança e de Gestão Estratégica. Ligada diretamente à presidência da empresa, essa Superintendência reúne todas iniciativas relacionadas à gestão de riscos, integridade e transparência.

Além disso, o DataPrev:

  • Instituiu uma Assembleia Geral;
  • Aprovou um calendário de ações;
  • Implementou a Política de Gestão de Riscos;
  • Aprovou o Plano de Governança Corporativa 2018-2020.

Este último tem como principal objetivo amparar a criação de mecanismos capazes de assegurar a conformidade e o alinhamento do comportamento dos gestores com os interesses e valores da empresa

A intenção é que, até o final de 2020, o DataPrev consiga atingir níveis de excelência em Governança Corporativa no setor público.

Se você quer saber mais sobre governança corporativa, então, assista a este vídeo de nosso canal no YouTube:

DICA: 9 livros de Governança Corporativa: aprenda sobre o tema com os melhores autores

O que achou dos nossos 3 exemplos de Governança Corporativa?

Lembre-se de que as boas práticas de GC podem impactar positivamente a gestão do seu negócio, trazendo resultados mais satisfatórios e contribuindo para a imagem da empresa.

Utilize os exemplos de Governança Corporativa aqui citados para se inspirar e implementar na sua empresa.

Saiba mais: Entenda os benefícios da governança corporativa para seu negócio

A Setting é uma consultoria empresarial com foco em resultados, por isso, esta comprometida a entregar valor aos clientes.

Assim, usa uma metodologia sistêmica, baseada em fatos, com ética e transparência na troca de conhecimentos. Dessa forma, dentre outras competências, está plenamente capacitada a promover a governança em seu negócio.

Se você quer entender melhor como funciona uma consultoria desse tipo, então, baixe nosso e-book gratuito: O que esperar de uma consultoria em gestão e como escolher o parceiro certo

Jorge Secaf Neto

Author Jorge Secaf Neto

Sócio fundador da Setting e Conselheiro Certificado IBGC, atua como Conselheiro, Consultor Sênior ou assume responsabilidade executiva (interim manager) em organizações que buscam transformação. Graduado em engenharia civil (Mackenzie), pós-graduado em engenharia de produção (Politécnica), possui formação executiva por meio de cursos de longa duração em instituições de renome no Brasil e no exterior (Fundação Dom Cabral; Kellogg; INSEAD; Harvard). Atuou como examinador do Prêmio Nacional da Qualidade por 10 ciclos e tem seus principais interesses acadêmicos e profissionais vinculados à educação executiva e à busca pela excelência em governança e gestão organizacional.

More posts by Jorge Secaf Neto

Comentários no Facebook