Gestão Empresarial

Conheça os 6 tipos de Startups e entenda sua posição no mercado

By 17 de janeiro de 2019 No Comments
tipos de startup

A Associação Brasileira de Startups (ABStartups) estima que haja pelo menos 6 mil startups e mais de 62 mil empreendedores no Brasil.

A cada dia, aumenta mais a exigência para empreendedores conhecerem o mercado e personalizarem seu negócio. Afinal, ter uma boa ideia não é mais o bastante. Você precisa estabelecer uma visão para a empresa e executá-la da melhor maneira.

Mas talvez você esteja perdendo uma etapa importante para conhecer melhor sua empresa: os tipos de startups.

De repente sua startup é iniciante, ou até tem tempo de mercado, mas está concorrendo com outras gigantes.

Você acha que precisa inovar, fazer o que ama; ou idealiza algo totalmente diferente, com um propósito mais social? Saberia distinguir em qual tipo de startup a sua se encaixa?

Separamos para você os seis tipos de startups principais, suas definições e exemplos práticos de cada uma. Leia até o final para se preparar e nos conte, enfim, qual é a sua!

Saiba mais: O que é Startup Cap Table? Qual importância para o negócio?

Antes de prosseguir, veja se você sabe mesmo o que é uma startup neste vídeo da Elaborando Projetos:

Os 6 tipos de startups

1- Small Business Startup

Uma Small Business Startup é aquela pequena empresa, iniciante e muitas vezes familiar.

Seu dono não deseja engrandecê-la, apenas quer proporcionar uma vida confortável para sua família e aproximar o contato com amigos.

A tecnologia é importante em seu negócio e ser pequena não significa que deixa de movimentar a economia local.

Pelo contrário, elas podem gerar empregos, criar e gerenciar sites, páginas de redes sociais e crescer. A diferença é que seu capital geralmente vem de economias próprias, sem muita pretensão para expandir.

Pode ser uma loja virtual, um pequeno comércio, um agente de viagem ou um cabelereiro. De acordo com o estudo “Radiografia do Ecossistema Brasileiro de Startups”, publicado em 2017 pela ABStartups e Accenture, 63,5% das equipes de startups pesquisadas eram compostas de um a cinco membros.

Confira mais alguns dados dessa pesquisa:

tipos de startups

2- Scalable Startup

Na tradução, uma Scalable Startup seria como uma empresa escalável. Sabe o Facebook, Skype ou mesmo o Google? Podem se encaixar facilmente nesta categoria.

Tratam-se de startups que vivem de capital de risco e empresários que não querem só trabalhar para se sustentar, mas sim despertar o interesse de grandes investidores. A visão é de um retorno milionário.

O potencial para crescer e ser gigante é característica principal. Tudo o que precisam é de investimento para expandir, sendo que essa expansão costuma ser rápida.

Os funcionários são sempre os melhores, a qualidade é fundamental e a estratégia de gerar receita e manter custos baixos também existe. Uber e Airbnb são outros exemplos recentes.

3- Large Company Startup

Claro que entre os tipos de startups também existe aquele que inclui as grandes empresas e com tempo de mercado.

A Large Company Startup tem como objetivo principal a inovação. Não foca apenas em se aprimorar, mas sim criar inovações verdadeiramente disruptivas, tornando seu modelo de negócio superior ou único.

As empresas que se encaixam nesta categoria começam com produtos revolucionários, tornam-se rapidamente conhecidas, mas por isso precisam acompanhar as mudanças para se sustentarem.

Como são autossuficientes, se adaptam e crescem junto com novas demandas, tendências e transformações. Um exemplo seria a Apple, que, desde seu primeiro computador lançado, em 1976, não parou de inovar.

Ela não somente acompanhou inúmeras transformações tecnológicas, como também foi responsável por criá-las.

4- Lifestyle Startup

Os donos de uma Lifestyle Startup com certeza amam o que fazem e se motivam diariamente com seu negócio. Esse tipo de startup é movido por sonhos e seu sucesso costuma vir de um estilo de vida daquele idealizador.

Reforça talentos e paixões e visa mais do que dinheiro, mas realizações.

Quer um exemplo? Mathew Jones, um ex-surfista australiano, virou professor de surf em tempo integral.

Em pouco tempo, ele transformou sua paixão pelo esporte em inúmeros aplicativos úteis para o surf, como o “iSurfer”.

Seu sucesso fez com que outros surfistas se juntassem a ele para criar novos apps. Todos os integrantes de uma Lifestyle Startup são essenciais para o negócio, porque compartilham dos mesmos propósitos e vocações.

5- Buyable Startup

A Buyable Startup é lançada a partir da execução de uma ideia de sucesso, mas que precisa de investimento para se estruturar e crescer.

Na realidade, elas nascem para ser vendidas para empresas maiores do mesmo nicho, como é o caso de startups que criam aplicativos móveis.

Gigantes da internet, como Google e Facebook, são exemplos de empresas que compram soluções tecnológicas desse tipo de startup. As aplicações desses investidores geralmente são de alto risco, mas são o que fazem a diferença para a execução do projeto de uma Buyable Startup.

6- Social Startup

O último dos tipos de startups, mas com importância gigantesca para muitos empreendedores é a Social Startup. Ela é criada por pessoas “socialmente ambiciosas”, que desejam fazer a diferença no mundo de alguma forma.

Os fundadores não pretendem ser ricos – a riqueza, aqui, são os benefícios para comunidades, trabalhadores ou regiões onde estão presentes.

Uma Social Startup pode ou não ter fins lucrativos ou unir os dois modelos, mas sempre visando o lado social e humano.

O que importa é contribuir positivamente para a sociedade. Os exemplos incluem instituições beneficentes ou de caridade, seja para combate à pobreza em prol de projetos de água limpa ou conscientização sobre algum outro tema.

Veja também: O que é pivotar startup: conheça cases e dicas de sucesso

Dica de ouro

Agora que você conhece os 6 tipos de startups e seus principais objetivos, já pode classificar a sua!

Se ainda está começando, a dica de ouro seria entender melhor cada modelo e, se possível, reunir o melhor de cada um. Quer exemplos?

Você pode concentrar-se em uma pequena empresa, mas buscar equilibrar o pessoal com o profissional para não se sobrecarregar. Ou começar com suas paixões, mas sempre com ambição para crescer.

E então, qual tipo de startup é o seu preferido?

Confira: 5 exemplos de startups que estão revolucionando o mercado!

A Setting é uma empresa de consultoria ideal para organizações obstinadas em se aprimorar, como as startups.

Com uma visão sistêmica e foco no cliente, está totalmente preparada para ajudar seu negócio a prosperar.

Entenda como funciona uma consultoria. Baixe nosso e-book gratuito: O que esperar de uma consultoria em Gestão e como escolher o parceiro certo

Comentários no Facebook