Gestão Empresarial

Planejamento financeiro empresarial: um guia completo com conceito, importância e passo a passo para você elaborar um para a sua empresa

By 11 de janeiro de 2021 No Comments
Planejamento financeiro empresarial

Compartilhe isso!

O seu modelo de negócio conta com um sólido planejamento financeiro empresarial?

Gerenciar as finanças de uma empresa é um dos maiores desafios enfrentados por gestores e empreendedores. E, muitas das vezes, esse desafio acaba se traduzindo no insucesso da empresa e no encerramento das atividades.

Segundo os dados mais atualizados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 60% das empresas não chegam a completar 5 anos de vida. Estendendo esse prazo para 10 anos, apenas 25% das empresas conseguem se manter de pé por mais de uma década.

Dentre os principais motivos para o fechamento precoce das empresas, a falta de um plano voltado para as finanças e de um gerenciamento eficiente do aspecto financeiro aparecem em destaque.

Tendo isso em vista, elaboramos aqui um guia com tudo o que você precisa saber sobre planejamento financeiro empresarial. Convidamos você a continuar a leitura para conferir nos parágrafos a seguir:

  • O que é planejamento financeiro empresarial?;
  • Qual a importância do planejamento financeiro empresarial?;
  • Passo a passo: como montar um planejamento financeiro empresarial?
    • Faça um diagnóstico da saúde financeira da sua empresa’
    • Faça um mapeamento de todas suas despesas,
    • Estude a realidade do seu mercado de atuação,
    • Calcule o capital de giro necessário para a sua empresa,
    • Estabeleça as metas e os objetivos financeiros do seu negócio,
    • Revise o preço cobrado por suas soluções,
    • Faça a projeção dos gastos e dos recebimentos da sua empresa,
    • Defina os mecanismos para monitorar a execução do seu planejamento financeiro;
  • 5 erros que você deve evitar ao elaborar o seu planejamento financeiro empresarial.

Leia também: 4 razões que mostram como um bom planejamento financeiro pode ajudar sua empresa a crescer

Este infográfico explica para você como funcionam os ciclos operacional e financeiro:

ciclo operacional financeiro

O que é planejamento financeiro empresarial?

Podemos definir o que é planejamento financeiro empresarial como um documento em que ficam definidas as diretrizes que deverão ser seguidas no que se refere às decisões direta ou indiretamente relacionadas às finanças do modelo de negócio.

É também no planejamento financeiro que se estabelece metas, prazos, ações, responsabilidades, ferramentas e metodologias de trabalho que visam zelar pela saúde e sustentabilidade financeira da empresa.

É a partir desse documento que se atesta a viabilidade financeira de um projeto específico ou de um modelo de negócio como um todo.

Com o plano financeiro, têm-se uma ideia mais clara sobre os custos da empresa, o dinheiro disponível em caixa, o quanto a empresa está disposta a investir e em quê, as metas financeiras de curto, médio e longo prazo e as ações que deverão ser colocadas em prática para alcançar os resultados desejados.

Nesse tipo de planejamento, busca-se entender e organizar os recursos financeiros da empresa para, assim, encontrar maneiras de melhor aproveitá-los.

Veja também: Ciclo operacional e financeiro: guia definitivo com conceito, importância, cálculo e exemplos

Qual a importância do planejamento financeiro empresarial?

O planejamento financeiro é considerado crucial para o sucesso de uma empresa. Isso porque ele trata de um aspecto determinante para que o modelo de negócio se sustente e se desenvolva: o dinheiro.

Uma empresa que não sabe lidar com as suas finanças está fadada ao fracasso. Tendo isso em vista, o planejamento financeiro ajuda o gestor e o empresário a entenderem a situação atual da empresa e os caminhos que ela precisa percorrer para potencializar seus resultados econômicos e ter maior controle sobre suas receitas, despesas e investimentos.

A importância desse tipo de planejamento também reside no fato de que é a partir desse documento que a empresa saberá o que fazer e o que não fazer para alcançar suas metas e objetivos financeiros de curto, médio e longo prazo.

Com um plano bem definido, passa-se a tomar decisões mais assertivas e bem fundamentadas. Além disso, é possível projetar cenários e se preparar para enfrentar possíveis situações que possam comprometer as finanças da empresa.

A partir de um sólido planejamento financeiro empresarial, consegue-se fazer um uso mais inteligente dos recursos disponíveis, o que contribui bastante para o desenvolvimento economicamente sustentável.

Além disso, a empresa consegue controlar melhor seu fluxo de caixa e mantê-lo em equilíbrio.

Veja mais: Como fazer um planejamento financeiro de uma empresa de forma ágil e prática

Passo a passo: como montar um planejamento financeiro empresarial?

O que não falta é exemplo de planejamento financeiro empresarial. Afinal, existem várias formas e métodos para construir esse tipo de plano.

No entanto, há algumas etapas básicas que toda empresa deve seguir ao planejar as finanças do negócio.

A partir de agora, você vai conferir um passo a passo de como montar um planejamento financeiro empresarial.

Passo 1 –  Faça um diagnóstico da saúde financeira da sua empresa

O primeiro passo para a elaboração de um planejamento financeiro empresarial consiste em entender a quantas anda a saúde financeira do seu modelo de negócio.

Analisar e compreender a situação atual da empresa no que se refere às finanças e à forma com que o dinheiro é gerenciado é de fundamental importância para definir como as coisas serão conduzidas daqui pra frente.

Para isso, busque fazer um levantamento do montante disponível em caixa, das contas a pagar e a receber e dos prazos a vencer.

Munido dessas informações, você saberá em que terreno está pisando e conseguirá identificar os problemas que precisam ser solucionados para conduzir melhor as finanças da empresa.

Leia também: Tipos de diagnóstico organizacional: conheça os 4 principais e como fazer cada um na prática

Passo 2 – Faça um mapeamento de todas suas despesas

A etapa seguinte do planejamento financeiro empresarial se refere ao mapeamento de todas as despesas que incidem sobre o caixa da empresa.

Neste segundo passo, você deverá apontar todos os custos (fixos e variáveis) necessários para manter a sua empresa funcionando.

Quanto mais detalhista você for ao apontar as despesas, mais completo e preciso será o seu plano.

Fazer esse levantamento é importante para que se tenha uma compreensão mais clara sobre a estrutura de gastos da empresa para, a partir disso, identificar gargalos de oportunidades e corte.

Este posts também pode ajudar você: Ponto de equilíbrio empresarial: descubra o que é, qual a importância para os negócios e como calcular na sua empresa

Veja dicas de como fazer a gestão de custos em seu negócio:

Gestão de custos e formação de preços

Passo 3 – Estude a realidade do seu mercado de atuação

O próximo passo a ser dado para a construção do seu plano financeiro empresarial é estudar a realidade do mercado em que a sua empresa está inserida.

Procure investigar quem são seus concorrentes, as soluções que eles oferecem, os preços por eles praticados, o comportamento e as características do seu público-alvo, as oportunidades e as potenciais ameaças e riscos.

Lembre-se de que o desempenho financeiro da sua empresa está diretamente relacionado à atual situação do mercado.

Confira em nosso blog: Análise competitiva de mercado: 5 métodos que funcionam!

Passo 4 – Calcule o capital de giro necessário para a sua empresa

Seu planejamento financeiro também precisa contemplar o capital de giro necessário para sustentar as operações da empresa.

Basicamente, trata-se de uma reserva que a empresa precisa ter em caixa para que ela continue funcionando enquanto os recebíveis não entram no caixa.

DICA: Fontes de capital de giro: 4 opções para conseguir crédito e financiar as operações da sua empresa

Passo 5 – Estabeleça as metas e os objetivos financeiros do seu negócio

Na quinta etapa do seu planejamento, você deverá definir as metas financeiras que você considera relevantes para o seu modelo de negócio. Ou seja, que resultados você pretende alcançar em termos de finanças e em quanto tempo?

Lembre-se de que suas metas precisam ser alcançáveis e desafiadoras a fim de manter os colaboradores engajados e motivados a persegui-las.

Como metas de exemplo para planejamento financeiro empresarial, podemos citar:

  • Aumentar o faturamento em 15% até o final de 2021;
  • Dobrar o total de clientes ativos;
  • Reduzir os custos fixos em 13% no próximo semestre;
  • Quitar todas as dívidas e empréstimos.

Além das metas, é importante também que você defina as ações que deverão ser colocadas em prática para que elas sejam alcançadas. Nesta etapa, o uso de indicadores financeiros pode ser de grande ajuda.

Este post pode ajudar você: Como fazer gestão de indicadores financeiros passo a passo

Passo 6 – Revise o preço cobrado por suas soluções

O desempenho econômico-financeiro da sua empresa também está atrelado ao preço que é cobrado por seus produtos ou serviços.

Sendo assim, é importante que você faça no seu plano uma revisão da política de precificação. O ideal é que os preços praticados sejam capazes de cobrir os custos para disponibilizar as soluções para a venda e ainda gerar lucro.

Leia também: Gestão de custos e formação de preços: o que é, importância, ferramentas e exemplos

Passo 7 – Faça a projeção dos gastos e dos recebimentos da sua empresa

Nesta etapa do planejamento financeiro empresarial, você deverá tentar prever os gastos e os recebimentos do seu negócio pensando a curto, médio e longo prazo. Essa é uma prática que te ajudará a ficar mais preparado para enfrentar possíveis adversidades.

Para fazer essa estimativa, é preciso considerar resultados históricos, baseando-se em registros anteriores a fim de identificar padrões e tendências no desempenho financeiro da empresa.

Veja também: O que é projeção financeira? Conheça a melhor estratégia para planejar recursos na sua empresa

Passo 8 – Defina os mecanismos para monitorar a execução do seu planejamento financeiro

Para garantir a eficácia do planejamento financeiro empresarial, é necessário definir os mecanismos de monitoramento da execução do plano.

Indicadores-chave de desempenho, por exemplo, são boas ferramentas para acompanhar a evolução das ações previstas no planejamento e, então, fazer as alterações necessárias.

Confira também: Os 7 principais exemplos de indicadores de desempenho nas empresas para monitorar e melhorar processos

5 erros que você deve evitar ao elaborar o seu planejamento financeiro empresarial

Agora que você já sabe quais são as etapas fundamentais para elaboração do planejamento financeiro empresarial, é importante se atentar também para alguns erros que devem ser evitados durante esse processo. Veja a seguir quais são eles:

  1. Desconsiderar o nível de endividamento da empresa;
  2. Não manter um registro atualizado e organizado de todas as movimentações financeiras;
  3. Deixar de projetar diferentes cenários e situações que possam impactar as finanças da empresa;
  4. Não revisar o planejamento financeiro periodicamente para efetuar os ajustes necessários;
  5. Não investir na contratação de uma consultoria especializada.

Saiba mais: 7 conceitos básicos de finanças corporativas que todo empreendedor precisa saber

Bom, ficou claro como fazer um sólido planejamento financeiro empresarial?

Vale ressaltar que esse importante documento servirá como um guia para as suas tomadas de decisão. Faça uso de um planejamento financeiro e direcione o seu modelo de negócio rumo ao sucesso.

A Setting é um empresa de consultoria empresarial que usa uma metodologia sistêmica, baseando sua tomada de decisão em fatos.

Assim, entrega resultados e gera valor para seu negócio, por meio da troca transparente de conhecimento.

O planejamento financeiro é um desdobramento do planejamento estratégico, veja como fazer o seu baixando nosso e-book gratuito: O guia para fazer o Planejamento Estratégico de sua empresa

Avatar

Author Redação Papoca

More posts by Redação Papoca

Comentários no Facebook