Gestão Empresarial

O que são indicadores de performance e 5 maneiras práticas de usar em sua empresa

By 24 de junho de 2016 No Comments
O que são Indicadores de performance

Compartilhe isso!

O crescimento é a meta principal de qualquer empresa presente no mercado. E um dos fatores cruciais para se atingir este objetivo diz respeito à utilização de ferramentas que permitam avaliar de modo claro a realidade de um negócio e a sua capacidade de expansão.

Dentre estas ferramentas, o empresário pode contar com os indicadores de performance.

Neste artigo, explicaremos o que são indicadores de performance, apresentaremos a importância destes eficientes suportes para o alcance de metas e cinco maneiras práticas de utilizar os indicadores de performance.

O que são indicadores de performance e como usá-los

Antes de prosseguir, você sabe o que são indicadores de performance? São parâmetros estabelecidos pelo organização para medir e avaliar seu desempenho e poder tomar decisões.

A importância dos indicadores de performance

Resumidamente, os indicadores de performance servem para mensurar determinado aspecto de uma companhia dentro de um específico período. Através dessas análises, será possível avaliar com maior eficácia, por exemplo, o sucesso de uma ação específica ou mesmo a rentabilidade de um negócio.

Além disso, esses indicadores fornecem uma base sólida para os futuros passos da empresa, fortalecendo a tomada de decisões e a elaboração de planos de crescimento bem estruturados.

Os principais indicadores de performance

Agora que você sabe o que são indicadores de performance, veja agora uma lista com cinco dos principais indicadores de performance e algumas maneiras práticas de utilizá-los em situações do dia a dia empresarial.

Custo de aquisição de clientes

Sem clientes uma empresa simplesmente não existe, certo? Mas e se o custo que você dispende para atrair um potencial comprador estiver sendo maior do que o retorno que ele oferece?

Para avaliar este custo, temos que calcular todas as despesas gastas com marketing e divulgação, dentro de um determinado período, e dividir o resultado pelo montante de clientes conquistados neste mesmo período.

Por exemplo, vamos supor que o seu custo de aquisição de clientes seja de R$ 300 e que a média de compras dos frequentadores de sua loja seja de R$ 200,00. Neste caso, o ideal é ajustar os gastos com marketing, já que estes custos não condizem com o faturamento atual da empresa.

Churn Rate

Você sabe responder qual a porcentagem de clientes que sua empresa perdeu nos últimos seis meses? Para calcular esta métrica, divida o número de clientes perdidos pela quantidade de clientes ativos.

Imagine que sua base de clientes seja de 150 e você perdeu 15 deles nos últimos seis meses. Nessa situação, seu Churn Rate será de 0,1% – considerado muito bom. O ideal é que durante o período de um ano seu Churn Rate nunca ultrapasse 7% e seja inferior ao seu Índice de Crescimento.

Índice de crescimento

Há diversas formas de avaliar se a sua empresa está crescendo. Vamos nos concentrar em uma maneira bastante objetiva: o comparativo de receitas. Se durante o mês de abril, todo o seu faturamento foi superior aos ganhos do mês de março, isso quer dizer que sua empresa cresceu neste específico intervalo.

O ideal é avaliar períodos maiores (semestrais, anuais) para afastar possibilidades como o aumento de vendas sazonal, por exemplo, fato que ocorre naturalmente nos mais diversos comércios em determinadas épocas do ano.

Índice de rotatividade

Sua empresa está passando por mudanças constantes no quadro de funcionários? Isso indica que o índice de rotatividade do empreendimento está alto e que, possivelmente, será interessante avaliar algumas questões gerenciais, como:

  • Meus funcionários estão satisfeitos?
  • Estou tendo problemas de liderança?
  • Os cortes foram motivados pela crise?

Não há um consenso quanto a um índice médio de rotatividade, porém, a recomendação é que ele se mantenha baixo. Para calculá-lo, some o número de admissões com o número de demissões na empresa e divida por 2.

Indicador de sucesso nas vendas

Por fim, o último item da nossa lista dos principais indicadores de desempenho avaliará o grau de sucesso de sua empresa com as vendas. É possível chegar a este dado através da relação entre o número de vendas concretizadas e as oportunidades de negociação que a companhia obteve em um período.

Esta métrica será bastante eficiente na hora de avaliar a qualidade das abordagens de seus vendedores, e pode até influir na política de preços ou de facilidades de pagamento, caso seu negócio esteja enfrentando dificuldades nas etapas de finalização de uma venda, assim como ajudar a corrigir algum outro erro de marketing.

Gostou da leitura? Ficou claro para você o que são indicadores de performance? Irá aplicar algum destes indicadores em seu negócio? Então aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais, auxiliando outros empreendedores a obter novos conhecimentos!

Jorge Secaf Neto

Author Jorge Secaf Neto

Sócio fundador da Setting Consultoria e Gestão Empresarial e Conselheiro Certificado IBGC, atua como Conselheiro, Consultor Sênior ou assume responsabilidade executiva (interim manager) em organizações que buscam transformação. Graduado em engenharia civil (Mackenzie), pós-graduado em engenharia de produção (Politécnica), possui formação executiva por meio de cursos de longa duração em instituições de renome no Brasil e no exterior (Fundação Dom Cabral; Kellogg; INSEAD; Harvard). Atuou como examinador do Prêmio Nacional da Qualidade por 10 ciclos e tem seus principais interesses acadêmicos e profissionais vinculados à educação executiva e à busca pela excelência em governança e gestão organizacional.

More posts by Jorge Secaf Neto

Comentários no Facebook