Gestão Empresarial

O que é gestão da mudança e porque sua empresa precisa dar atenção especial a ela

By 30 de agosto de 2018 No Comments
O que é gestão da mudança

Mudar não é fácil Sair da zona de conforto e enfrentar uma nova situação, desconhecida, causa receio.

Mas o mundo corporativo está cada vez mais dinâmico e competitivo. Com isso, as organizações são obrigadas a implementar frequentes alterações estruturais e novas estratégias operacionais. É a inovação em marcha obrigando as pessoas a enfrentarem seus medos!

Isso é necessário para que as empresas se adaptem às mudanças e inovações do mercado, permanecendo competitivas e rentáveis diante da concorrência.

Segundo uma pesquisa divulgada pela HBR, a regulamentação e a tecnologia são os principais fatores que levam à mudança nas organizações.

Veja dados mais completos:

O que é gestão da mudançaNesse cenário, os empresários devem entender o que é gestão da mudança e como esta ferramenta pode auxiliar nos ajustes necessários para que os resultados organizacionais continuem sendo alcançados. Enfrentar resistências internas, nessa hora, é muito comum.

Vamos mostrar neste artigo como promover a gestão da mudança na sua empresa e todos os benefícios que você pode obter através dela.

O que é gestão da mudança e sua importância

Para entender o que é gestão da mudança é necessária uma nova abordagem dos principais processos da empresa, incluindo todos os stakeholders que serão impactados pelas mudanças.

Todos os níveis da empresa devem ser levados em consideração, desde o colaborador sem subordinados, passando por equipes, gerência e diretoria executiva.

Mas o que é gestão da mudança, afinal?

A gestão da mudança é uma metodologia estruturada para preparar a empresa, gradualmente, para assimilar mudanças importantes. Ela deve proporcionar todas as condições para que o colaboradores e o negócio se adaptem a mudança com o menor atrito possível.

Por exemplo, a reorientação da utilização de recursos, a elaboração de novos processos operacionais, a modificação de orçamentos, entre outros.

Implementar projetos de reestruturação ignorando os impactos que essas mudanças acarretarão nos colaboradores da organização é um erro muito comum e que pode trazer riscos às implementações das mudanças desejadas.

4 benefícios da gestão da mudança

Quando implantada segundo indicações específicas, a gestão da mudança é fundamental para o alcance dos resultados esperados. Se esse processo for gerenciado de forma eficaz, trará diversos benefícios para a organização.

1- Maior competitividade

Um dos grandes benefícios de entender o que é a gestão da mudança, aplicando-a na empresa, é o aumento da competitividade.

O acesso rápido às informações e novas tecnologias, em conjunto com a nova economia global está forçando as organizações a mudar muito rápido o modo como trabalham local e remotamente.

A organização que não conseguir acompanhar a evolução do mercado, ficará para trás. Isso, porque, com certeza, algum concorrente estará promovendo as mudanças necessárias.

Nesse cenário, a organização precisa reagir com mais rapidez e eficiência às mudanças, sem impactar a produtividade. Os colaboradores precisam estar capacitados para se adaptarem rápido a novos processos, reduzindo a resistência natural à inovação.

2- Diminuição dos riscos

A gestão da mudança inclui uma análise completa e detalhada de todos os impactos que a mudança pode ou vai causar na organização.

Estas informações permitem uma melhor mensuração dos riscos a que a empresa está se expondo, caso não ocorra a adaptação necessária.

Os gestores conseguem prever melhor os imprevistos, definindo as ações que é preciso executar para resolvê-los.

3- Avaliação mais precisa dos custos

Entender o que é a gestão da mudança leva a uma melhor avaliação dos custos de implantação dos projetos de mudança, .

Isso evita que os custos sejam maiores devido à falta de planejamento, permitindo que a organização priorize melhor os investimentos e até possa reduzir custos na empresa.

4- Mais produtividade

Ao definir novos processos e aperfeiçoar as estratégias da empresa, é possível agregar valor à organização. Afinal, só se decide pela mudança se ela for capaz de trazer um diferencial competitivo para o negócio.

Entretanto, nada disso vai funcionar sem o engajamento dos colaboradores. Com a gestão da mudança eles são preparados e capacitados para lidar com as novas estruturas e processos, impactando muito pouco na produtividade e garantindo uma rápida retomada nos resultados da empresa.

Como implementar a gestão da mudança na sua empresa

A conscientização da empresa sobre o que é a gestão da mudança deve ser realizada por etapas. Alguns pontos fundamentais devem ser tratados, garantindo a eficiência do processo.

Comunicação

A empresa deve planejar um sistema de comunicação que convença seus colaboradores da importância da gestão de mudanças, informando todos os benefícios que a empresa irá ganhar.

Uma comunicação interna eficiente é necessária para explicar os motivos e os objetivos de forma clara, garantindo a participação e o engajamento de todos os colaboradores.

Engajamento

A resistência que os colaboradores podem opor às novidades da organização podem se tornar um dos maiores obstáculos para a gestão da mudança, impactando a implantação e, até mesmo, após sua conclusão.

Por isso, os gestores devem incluir ações para conquistar o engajamento, diminuindo as resistências individuais dos colaboradores.

É necessário, além da conscientização, envolvê-los no processo de adaptação, garantindo que as mudanças iniciadas sejam integradas aos processos da empresa, após o término dos projetos.

Capacitação

A capacitação dos colaboradores facilita a adaptação aos novos processos, diminuindo a resistência.

Assim, os responsáveis pela gestão da mudança devem determinar programas de treinamento, definindo quais colaboradores deverão ser capacitados e quais conhecimentos serão transmitidos

Consultoria

Frequentemente, os gestores não dispõem de tempo e nem de estrutura para atender, simultaneamente, às demandas diárias e a implantação de projetos estruturais que implicam em mudanças organizacionais.

Além disso, um projeto de mudanças organizacionais precisa de um tempo específico para implantação e maturação, vencendo as resistências internas.

Nestes casos, a contratação de uma consultoria externa pode ser a solução para acelerar a implantação das melhorias desejadas.

Outro aspecto positivo é que o consultor terá uma visão mais isenta do empreendimento, sendo capaz de enxergar com mais clareza os impactos que as mudanças trarão.

A gestão da mudança na sua empresa

Agora que você sabe o que é gestão da mudança e as vantagens que ela pode trazer para sua empresa, analise o melhor momento de implementá-la.

É essencial estar atento às principais tendências do mercado, estando  consciente da constante necessidade de inovar e reestruturar os processos internos da sua empresa para que ela se mantenha competitiva e continue crescendo de forma sustentável.

A Setting é uma consultoria de gestão para resultados e criação de valor que, dentre diversas outras competências, está preparada para fazer o diagnóstico de seu negócio e detectar as mudanças necessárias, incluindo a formulação e implementação de estratégias, estruturação de governança e estruturação do modelo de gestão.

Quer saber como a Setting atua em sua empresa para colocar tudo isso em prática? Baixe este infográfico e conheça mais a fundo o nosso jeito de trabalhar: Como a Setting atua na sua empresa

Comentários no Facebook