Gestão Empresarial

Como planejar o crescimento de uma empresa de forma estratégica

By 18 de setembro de 2018 No Comments
Como planejar o crescimento de uma empresa

Como planejar o crescimento de uma empresa em um mercado competitivo, sujeito a mudanças frequentes é um desafio permanente para gestores e administradores. Isso, sem falar nas crises econômicas.

Diante desse cenário, o planejamento estratégico torna-se uma das principais ferramentas para garantir que a empresa se mantenha sustentável e cresça ao longo dos anos.

Apesar de não existir uma fórmula exata que garanta este objetivo, existem alguns caminhos já testados que podem ajudar os empresários a definir quais serão as metas a serem alcançadas e como atingi-las.

A importância de saber como planejar o crescimento de uma empresa

Um planejamento funciona como um guia para a organização, sendo a ferramenta que dirá o que os gestores deverão fazer para atingir os objetivos desejados.

Um dos instrumentos mais utilizados para auxiliar esse aspecto da gestão é o planejamento estratégico. Através dele, a empresa define sua visão, missão e valores, além dos objetivos desejados para o negócio e as estratégias necessárias para alcançá-los.

Ele é desenvolvido de forma mais ampla, abrangendo as metas gerais da organização, e depois é desdobrado de forma mais específica, para cada setor da empresa, como o financeiro, recursos humanos, marketing etc.

Sua utilização traz inúmeras vantagens para o negócio. Vamos listar as principais:

  • Análise dos pontos fortes e fracos
  • Definição de metas realistas
  • Planejamento de investimentos
  • Fortalecimento da empresa contra mudanças do mercado
  • Comunicação interna mais eficiente
  • Alinhamento entre todos os setores

Esses fatores fazem com que as empresas que utilizam o planejamento estratégico se tornem mais competitivas no seu segmento, garantindo o seu crescimento.

Como realizar o planejamento estratégico

Para saber como planejar o crescimento de uma empresa através do planejamento estratégico é necessário seguir alguns passos, que veremos a seguir.

1- Analise o ano anterior

Antes de olhar para o futuro é essencial olhar para o passado recente da empresa, para entender o que funcionou e o que deu errado na estratégia empresarial.

Portanto, fazer uma retrospectiva das atividades da empresa durante o ano anterior pode fornecer detalhes importantes sobre os pontos fortes e fracos da organização. A partir dessa análise os gestores podem identificar os processos internos que não estão funcionando adequadamente e elaborar ações para corrigi-los.

Algumas perguntas podem ajudar a realizar a análise dos resultados anteriores:

  • Quais metas foram alcançadas?
  • A empresa obteve lucro ou prejuízo e quais os motivos que levaram a esses resultados?
  • Como foi o desempenho dos colaboradores ao longo do ano?
  • Como foi a atuação da concorrência?
  • A empresa manteve, ampliou ou perdeu mercado?

As respostas a esses questionamentos fornecerão detalhes importantes sobre a atuação da empresa e dos próprios gestores. A partir delas, pode-se fazer uma lista de tudo o que deu certo e errado para definir o que será feito no próximo ano.

2- Identifique o potencial de crescimento da empresa

O segundo passo para saber como planejar o crescimento de uma empresa é identificar suas limitações ou seus pontos fracos e o potencial de crescimento para o próximo período.

Nesta etapa podem ser usadas ferramentas de análise de gestão como, por exemplo, a matriz SWOT, para determinar as forças e fraquezas da empresa, assim como as ameaças e oportunidades identificadas.

Essa análise será fundamental para o gestor entender o que pode fazer a empresa crescer, ao mesmo tempo, em que identifica o que a torna vulnerável às ações da concorrência.

3- Observe o mercado

Todas as informações coletadas nas etapas anteriores, bem como as decisões que serão tomadas, devem estar alinhadas com o mercado em que a organização atua.

Como todo mercado é dinâmico, esse conhecimento deve ser atualizado constantemente. Para isso, a empresa pode utilizar diversas ferramentas, como fazer uma boa pesquisa de mercado, por exemplo.

Através dela, os gestores poderão verificar o comportamento do seu público-alvo no ano anterior, identificando mudanças nos padrões de compra, objeções e o índice de satisfação com seus produtos e serviços.

Outro fator importante que a pesquisa de mercado proporciona é um benchmarking, para saber como a concorrência atuou e quais foram seus resultados.

É possível aprender com as outras empresas, sem, no entanto, copiar suas ideias, para saber como sua empresa responderá no próximo período. Esta é uma ótima maneira de manter o negócio competitivo.

4- Defina as próximas metas

Definir metas que sejam realistas é a próxima etapa para definir como planejar o crescimento de uma empresa para o período seguinte.

Apesar de ser um tema muito discutido pelas organizações, ainda existem gestores que cometem erros nesse quesito, atribuindo metas impossíveis de serem atingidas ou muito abaixo da capacidade da equipe.

Quando isso ocorre, os colaboradores ficam desmotivados e a empresa não alcança todo o seu potencial no mercado.

Para evitar esses erros, as informações encontradas nas etapas anteriores devem ser usadas de forma inteligente e realista. Se ajudar, os gestores podem usar metodologias de criação e gestão de metas como a SMART ou a OKR.

5- Prepare o financeiro da empresa

Um dos itens mais importantes quando estamos falando sobre como planejar o crescimento de uma empresa é o planejamento financeiro do próximo período.

As metas alinhadas anteriormente devem estar alinhadas com as finanças da organização, pois, provavelmente, serão necessários investimentos e ajustes de custos para serem alcançadas.

Nesse contexto, analisar as informações contábeis da empresa, como o fluxo de caixa e o Demonstrativo de Resultados da Empresa, é fundamental para garantir o orçamento necessário para alcançar os objetivos desejados.

6- Projete cenários futuros

Para diminuir os riscos de surpresas no próximo período, as informações coletadas nas etapas anteriores, principalmente, relacionadas ao mercado de atuação, podem ser usadas para projetar cenários econômicos futuros.

Assim, os gestores podem avaliar como a empresa se comporta em diferentes situações, desde as mais desafiadoras até as mais vantajosas, preparando estratégias alternativas para corrigir problemas ou aproveitar as melhores oportunidades.

Devido às instabilidades econômicas e políticas do mercado, é necessário incluir nestes cenários índices econômicos que possam afetar os resultados da organização, como, por exemplo, a inflação, juros, cotação do dólar, entre outros.

Assim, as empresas podem diminuir os riscos destes fatores externos prejudicarem o seu crescimento.

Prepare sua empresa para o futuro

Agora você já sabe como planejar o crescimento de uma empresa de forma sustentável e organizada. Colocando em prática as etapas descritas neste artigo, permitirá que sua empresa tenha um planejamento estratégico consistente.

Ele servirá de guia para alcançar os resultados desejados e, também, de defesa contra as flutuações do mercado e as ações da concorrência. As ações previstas nele devem estar alinhadas com a sua realidade, garantindo a produtividade e lucratividade necessárias para o crescimento da organização.

É importante lembrar que o planejamento estratégico, como todo plano, deve ser avaliado periodicamente para os ajustes necessários.

A Setting é uma empresa de consultoria com foco em gestão para resultados. O objetivo é criar valor para o negócio se baseando em fatos e valorizando as pessoas, com ética e transparência.

Baixe nosso e-book gratuito e descubra como fazer um diagnóstico de seu negócio: Por dentro do diagnóstico empresarial

Comentários no Facebook