Jorge Secaf Neto

Sócio fundador da Setting e Conselheiro Certificado IBGC, atua como Conselheiro, Consultor Sênior ou assume responsabilidade executiva (interim manager) em organizações que buscam transformação. Graduado em engenharia civil (Mackenzie), pós-graduado em engenharia de produção (Politécnica), possui formação executiva por meio de cursos de longa duração em instituições de renome no Brasil e no exterior (Fundação Dom Cabral; Kellogg; INSEAD; Harvard). Atuou como examinador do Prêmio Nacional da Qualidade por 10 ciclos e tem seus principais interesses acadêmicos e profissionais vinculados à educação executiva e à busca pela excelência em governança e gestão organizacional.

Como fazer gestão de risco do negócio: um guia definitivo para exercer controle estratégico sobre os riscos da sua empresa

By | Riscos e Compliance | No Comments
Como fazer gestão de risco do negócio

Para fazer a gestão de riscos de uma empresa é necessário mapiar os possíveis riscos que podem acometer o negócio, fazer uma análise qualitativa e quantitativa desses riscos, montar um plano de gestão de riscos e, depois de implantá-lo, monitorar e acompanhar os riscos, para tomar ações preventivas e corretivas, sempre que necessárias.

A sua empresa conta com uma política de gestão de riscos?

Todo modelo de negócio está sujeito a riscos.

Read More

Inovação e invenção: entenda o que cada termo significa, as diferenças entre eles e 3 exemplos reais

By | Inovação | No Comments
Inovação e invenção

Invenção é algo novo, que veio do zero, nunca antes experimentado dessa forma. Já a inovação é a evolução de algo que já existe, melhorado e aperfeiçoado. Além disso, a inovação, muitas vezes, surge de forma disruptiva e revolucionária.

Você fazia ideia desses conceitos que mostram claramente qual a diferença entre invenção e inovação?

Na verdade, é comum que esses termos sejam tidos como sinônimos por algumas pessoas, seja pela semelhança entre as palavras ou por serem muito utilizadas para se referir a algo novo.

Read More

Qual a importância dos serviços financeiros digitais para as empresas?

By | Inovação | No Comments

Os serviços financeiros digitais deixaram de ser exclusividade dos bancos e instituições financeiras e passaram a integrar o portfólio de diversos negócios, ainda que não façam parte diretamente desse setor.

Entre os motivos que estão impulsionando esse movimento foi a percepção que integrar produtos financeiros às soluções da empresa é uma maneira de atender pontualmente as necessidades dos clientes e, ao mesmo tempo, gerar uma nova fonte de receita para o negócio.

Nesse trajeto, outros benefícios são percebidos, como a oportunidade de aumentar as taxas de fidelização, de atração e um poder de competitividade empresarial maior.

Uber e iFood são apenas dois bons exemplos de empresas que passaram a oferecer serviços financeiros digitais sem desviarem do seu core business.

Mas como fazer isso e transformar a sua empresa em uma instituição de pagamento sem deixar de lado o foco do seu negócio? É isso que vamos esclarecer agora! Read More