Liderança

Qual é o mindset ideal para nortear o processo de tomada de decisão?

By 28 de julho de 2017 No Comments
qual-e-o-mindset-ideal-para-nortear-o-processo-de-tomada-de-decisao

A tomada de decisão é um processo complexo que define todas as ações que são feitas nos diversos setores da empresa. Assim, a forma como se pensa sobre a organização altera, diretamente, o foco das decisões feitas.

À vista disso, diferentes mindsets (mentalidades) de distintos gestores têm papel fundamental dentro desse processo. Muito embora não exista um mindset ideal para a tomada de decisão, existem mentalidades ideais para cada situação.

Evitar riscos

Também chamado de “auditor”, esse tipo de mindset está muito ligado à análise de dados numéricos. Seu objetivo é resolver problemas mais imediatos, evitando riscos para a empresa.

Para reforçar essa mentalidade é interessante investir em um software ERP para a empresa. Ao acompanhar as informações que o banco de dados do ERP proporciona é possível prever prejuízos ou ganhos. Permitindo, com isso, manter a empresa no caminho do lucro.

Mas vale ressaltar: é preciso tomar cuidado, pois esse mindset pode salvar a empresa do prejuízo, mas também pode deixar de aproveitar uma grande oportunidade, apenas por ela ser um pouco mais arriscada, ou não constar nos números disponíveis para análise.

Apagar incêndios existentes

Esse tipo de mentalidade é voltado para a solução de problemas urgentes, atuando diretamente no foco do problema e trabalhando, basicamente, para apagar incêndios.

Esse mindset se desenvolve nos gestores à medida em que se entra em contato com problemas reais. O gestor, então, tende a usar sua experiência para resolver as adversidades. Logo, quanto mais experiência uma pessoa com essa mentalidade tiver, mas fácil será para que ela atue sobre questões pontuais.

O grande porém desta mentalidade é sua capacidade de pensar no futuro. Quando um gestor tende a resolver problemas na medida em que surgem, o planejamento estratégico de longo prazo é deixado de lado, o que prejudica, e muito, a empresa.

Planejamento estratégico elaborado

Pessoas com essa mentalidade se preocupam, especificamente, com a possibilidade de conseguir maior ganho no futuro. Assim, é ele quem formula uma estratégia elaborada que guia a empresa em longo prazo.

Para que esse mindset atinja seu potencial, é interessante fornecer os dados que ele precisa para trabalhar. Além de ter a cultura do benchmarking estruturada, outra prática interessante para favorecer essa mentalidade é o registro metódico de tudo que acontece dentro da empresa. Essas duas ações auxiliam nas análises que o profissional fará.

Apesar das várias vantagens, o mindset investidor tem um preço: pessoas com essa mentalidade tendem a demorar muito para tomar uma decisão e acabam, muitas vezes, tendo dificuldade para resolver problemas imediatos.

Maximização da vantagem competitiva

Classificado como “político”, esse mindset está ligado a uma visão holística do negócio. Ele enxerga a empresa de uma maneira sistêmica, considerando-a como maior que a soma de seus setores. Um profissional com essa característica busca novas formas de tornar o empreendimento competitivo no mercado.

Esse mindset costuma estar presente nas áreas de propaganda e marketing. Para desenvolvê-lo ainda mais, basta que os profissionais tenham espaço e liberdade para criar.

Como essas pessoas estão muito ligadas a inovação, algumas vezes suas ideias extrapolam o campo da possibilidade, sendo necessário cortar algumas arestas para que a empresa não caia em um precipício.

Dado o exposto, podemos pensar que o mindset ideal para a tomada de decisão depende, especificamente, de qual o objetivo dessa sentença. A ideia é inovar e conquistar novos públicos? Então o político é mais indicado. É preciso manter a empresa estável? Neste caso, o auditor pode ser fundamental.

Antes de definir um mindset para a tomada de decisão, é preciso saber qual decisão precisa ser tomada e de que forma ela impacta na empresa. Além do mais, o ideal seria agrupar as características positivas dos diferentes tipos de mentalidade para tomar as melhores decisões, sempre.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre mindsets e como eles influenciam na tomada de decisão, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais? Até o próximo post!

Comentários no Facebook

Não perca mais nenhum post!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!