Liderança

Critérios para promoção de funcionários: reconhecimento

By 10 de março de 2017 No Comments
Critérios para promoção de funcionários

Quais os fatores que são levados em consideração na hora de oferecer uma promoção no trabalho? Quais critérios para promoção de funcionários usar?

Habilidade? Competência? Espírito de Liderança? Funcionários que vestem a camisa da empresa?

A verdade é que investir no funcionário é uma excelente “moeda de troca” para reter os melhores talentos e torná-los mais motivados a buscar melhores resultados. Praticar a promoção interna tem esta ventagem.

O grande erro de muitos gestores é pensar que uma boa remuneração é, por si só, a alavanca da produtividade, o que é um grande equívoco! O salário faz parte de um pacote de atrativos, mas não é o único item para cativar talentos.

Um funcionário motivado trabalha melhor, produz mais e gera melhores resultados se perceber que se valoriza a promoção de cargo na empresa em que está.

Quando a empresa consegue equalizar o que seus colaboradores realmente esperam, é possível estimular a equipe de forma mais efetiva e acertar na hora de oferecer uma promoção interna na empresa.

Mas quais seriam os critérios fundamentais a se analisar para promover um trabalhador na empresa? Confira nosso post de hoje e não erre na mira. Vamos lá!?

3 principais critérios para promoção de funcionários

Analise este 3 itens e entenda o que é a promoção no trabalho no sentido de valorizar as competências e o mérito de sua equipe.

1- Competência para o cargo

Se você é o tipo de gestor que atua no chão de fábrica junto com a equipe e conhece como ninguém o perfil dos seus colaboradores, com certeza sabe identificar aquele colaborador que realmente está engajado com a empresa daquele que trabalha pelo simples fato de chegar no final do mês e ter seu salário depositado.

E esta diferenciação de postura deve ser um dos principais critérios para promoção de funcionários.

O fato é que funcionários se sentem motivados quando seus esforços são reconhecidos, mas muito além disso, quando o recurso reconhecimento é aproveitado de forma eficiente fica mais fácil atrair e reter talentos e manter os profissionais engajados e satisfeitos com aquilo que realizam.

E para alavancar a satisfação interna dos colaboradores na hora de oferecer uma promoção no trabalho, leve em consideração as competências para o cargo. De nada adianta promover um funcionário para uma área, setor ou atividade na qual ele não tem habilidade ou se sua formação não é equivalente.

Leve em consideração a formação acadêmica, o tempo de trabalho em determinado cargo e não anule o próprio funcionário do processo de decisão, deixe-o demonstrar que realmente tem as competências necessárias para ser promovido e que fará jus à oportunidade de promoção interna na empresa. Jamais paute a escolha em questões pessoais, como amizade ou simpatia.

Se o funcionário demonstrar grande interesse no cargo, mas você entender que faltam competências, não deixe de levar em consideração um processo de coaching, que vai auxiliar o funcionário a desenvolver as principais competências necessárias para o novo desafio.

2- Liderança

Empreendedores já devem ter ouvido ou mesmo lido em algum lugar a famosa frase de Shakespeare que diz “nossos elogios são o nosso salário”, o que corrobora a pensar que “agradar o bolso do funcionário” não é a única forma de mantê-lo motivado e engajado com a empresa.

Em geral, para cargos gerenciais ou funções que demandam uma postura proativa é fundamental identificar aquele profissional com perfil de liderança. Para isso, é preciso reconhecer que o colaborador tem uma excelente capacidade de gestão, tanto de pessoas quanto de processos e projetos.

A capacidade de relacionar-se bem com os demais integrantes da equipe, de se comprometer, de tomar iniciativas, colaborar e, em especial, de ter argumentos para persuadir e incentivar os outros colegas são algumas variáveis de pessoas propensas para cargos de liderança.

3- Postura pessoal

Este é um dos critérios para promoção de funcionários que muitos esquecem de levar em conta. Na hora da promoção no trabalho não basta apenas levantar as habilidades e competências e verificar se determinado funcionário tem requisitos para ocupar um cargo de liderança, é preciso que todo o processo de decisão seja pautado no perfil do funcionário e na sua postura pessoal. Isso deve fazer parte da rotina dos processos de RH.

Uma promoção interna significa oportunidade de crescimento e a escolha de quem será reconhecido deve ser feita com o máximo de responsabilidade. Muitos funcionários não lidam bem com a capacidade de trabalho em equipe, respostas a contratempos ou mesmo a permeabilidade de novas ideias, o que pode não se apresentar como um bom indício para ocupar um novo cargo.

Assim, para não cometer erros e promover um funcionário de forma equivocada, consulte os líderes de cada equipe e identifique os nomes dos melhores talentos, aqueles que têm uma boa postura pessoal com os demais colegas, não fazem distinção e realmente vestem a camisa da empresa.

Entenda a importância de definir critérios para promover um funcionário

critérios para promover um funcionário

Foi-se a época em que funcionários buscavam trabalhar apenas para sobreviver e possibilitar sustento para suas famílias. Hoje em dia, a cultura que se construiu é a de pessoas que almejam o crescimento, tanto por salários melhores, quanto pela vontade de assumir tarefas mais complexas e menos operacionais.

A melhor forma de motivar um funcionário atualmente é deixar bem claro quais são suas possibilidades de crescimento dentro da empresa, quais são os critérios para promoção de funcionários? Quais atributos ele deve trabalhar para atingir a posição desejada? Quais cursos ele deve fazer para alcançar uma promoção?

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas importantes as quais você deve se atentar na hora de criar um planejamento de carreira na sua organização. Vamos lá?

Promova um funcionário ao invés de contratar alguém já experiente

Você pode estar se perguntando “porque eu deveria ‘investir’ em um profissional para torná-lo capaz, quando posso buscar outro que já possui os conhecimentos que eu necessito?” A resposta é bem simples e inclui alguns benefícios implícitos.

Buscar funcionários fora de sua organização gera custos na hora de fazer a seleção com dinâmicas, entrevistas, entre outros. Além disso, o funcionário a ser promovido na sua organização já está habituado com a cultura organizacional da empresa, e provavelmente não trará nenhuma surpresa quanto ao seu perfil, que já é conhecido. Além disso, dar oportunidade de crescimento para seus funcionários garante que eles se mantenham motivados a dar o máximo de si, pois todos irão buscar o crescimento profissional e, claro, melhores salários.

Um planejamento de carreira garante transparência e justiça

Ao definir um planejamento de carreira e as hierarquias e características necessárias para cada cargo, torna-se muito mais simples justificar a promoção de X e não de Y, sem gerar a falsa impressão de favoritismo, garantindo que apenas aqueles que de fato atendem as necessidades dos cargos irão ocupá-lo.

Direcione seus funcionários

Muitas vezes, quando um funcionário é promovido em sua equipe e muitos não entendem o porquê, isso gera um sentimento de insatisfação no grupo como um todo, afinal, não se sabe porque um foi favorecido em detrimento dos outros.

Entretanto, quando você determina as exigências de promoção em cada cargo, os funcionários têm a oportunidade de se aperfeiçoarem e se desenvolverem até atingir o que é necessário para tal. Se o colaborador sabe que para o cargo X é preciso falar inglês e possuir graduação em finanças, caso ele se interesse, irá buscar tais atributos para poder concorrer àquela vaga, sabendo exatamente o que deve fazer para chegar lá.

Torne “palpável” os meios de medir desempenho

Se todos os papeis da organização estiverem bem determinados, tanto em relação a suas exigências quanto as atribuições, medir o desempenho dos funcionários se torna algo mais simples e justo, sem que a medida se torne empírica e pessoal.

O único possível problema de determinar um planejamento de carreira para sua organização é que você, de fato, terá que cumpri-lo uma vez que ele existe. Afinal, da nada adianta definir critérios para promoção de funcionários e não segui-los.

Mas para aqueles que sabem o que estão fazendo, isso nem de longe é um problema, e sim uma solução.

E você, já elaborou o planejamento de carreira para os funcionários de sua organização? Tem critérios para promoção de funcionários definidos? Como faz para que bons colaboradores ascendam dentro de sua empresa?

Comente abaixo nos contando suas experiências e participe dessa conversa!

Veja também em nosso blog: Gestão do desempenho empresarial e a capacitação de gestores

Comentários no Facebook

Não perca mais nenhum post!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!