Liderança

Como motivar seus colaboradores: guia prático para uma gestão eficaz

By 28 de janeiro de 2021 No Comments
Como motivar seus colaboradores e obter uma gestão eficaz

Compartilhe isso!

Manter os seus colaboradores motivados nem sempre é tão simples quanto parece. De acordo com pesquisas, há muitos fatores que podem prejudicar a motivação, como salário abaixo da expectativa, clima organizacional ruim e falta de reconhecimento profissional.

No entanto, isso pode ser extremamente prejudicial para a sua empresa, causando perda de produtividade, resultados decrescentes, alto índice de turnover (rotatividade dos colaboradores), entre outros problemas.

Por esse motivo, seja uma empresa de uniformes ou qualquer outro empreendimento, é necessário investir em um planejamento estratégico, com o objetivo de tornar o ambiente de trabalho mais confortável para os seus colaboradores.

No artigo de hoje, conheça algumas dicas de como motivar seus colaboradores e melhorar os resultados da sua empresa. Acompanhe a leitura!

1 – Ofereça flexibilidade de horário

Quem trabalha durante 8 horas por dia sabe bem que nem todos os 480 minutos são aproveitados da melhor maneira possível. Por isso, uma alternativa é abrir um espaço de negociação de horário, para aumentar a motivação dos colaboradores em diferentes períodos.

Uma dica é fazer uma pesquisa de clima organizacional para levantar informações sobre os períodos de maior produtividade.

Algumas vezes, colaboradores que estão com problemas familiares, principalmente com seus filhos(as), podem não ter a produtividade necessária em um trabalho de horário comercial. Então, a solução pode ser sugerir períodos alternativos para esses funcionários.

2 – Negocie alguns dias de home office

O home office se tornou uma opção muito viável desde a pandemia da Covid-19. Isso porque as exigências de isolamento e distanciamento social fizeram com que muitas empresas tivessem que readaptar sua rotina, para oferecer maior segurança aos colaboradores.

Para as empresas que já voltaram à “normalidade”, uma dica é negociar alguns dias de home office, visto que é uma maneira de deixar os colaboradores mais confortáveis, além de oferecer maior liberdade de organização.

No entanto, é importante enfocar a questão da responsabilidade. Por exemplo, se há prazos para cumprir serviços de consultoria fiscal, os colaboradores devem cumprir esse deadline, mesmo durante o teletrabalho.

3 – Seja líder, não um chefe

Hoje em dia, aquela figura de um chefe carrancudo e extremamente autoritário já se mostrou ineficiente para os negócios. Afinal de contas, é somente mais uma forma de deixar seus colaboradores desmotivados.

Por esse motivo, ao invés de se portar como um chefe, a melhor alternativa é investir no espírito de liderança – uma figura que sabe ouvir e abre espaço para o diálogo. Quando se é um líder, é possível caminhar lado a lado de seus colaboradores.

Sendo assim, mesmo na hora de fazer uma crítica sobre um atendimento no serviço de locação de tendas, por exemplo, seus colaboradores se sentem mais confortáveis e dispostos a mudar a abordagem.

4 – Incentive a tomada de decisões dos colaboradores

O líder normalmente tem uma visão mais ampla dos diferentes segmentos da empresa. Porém,  os colaboradores também têm ideias muito valiosas e que podem contribuir com o seu negócio, principalmente aqueles que estão em contato direto com os clientes.

Sendo assim, é importante ouvir recomendações de seus colaboradores, além de incentivá-los na tomada de decisões. Ou seja, é preciso oferecer autonomia para que os colaboradores compartilhem seus pontos de vista e possam aplicar mudanças.

Esse tipo de iniciativa é capaz de aumentar a autoestima e a segurança dos funcionários, além de despertar a sensação de pertencimento. Dessa forma, os colaboradores se sentirão mais motivados e vão contribuir com a produtividade da empresa.

Assim, se alguém tiver alguma sugestão de brindes personalizados, busque ouvir a opinião do funcionário. Você pode se surpreender com várias ideias e recomendações dos colaboradores. 

5 – Tenha um espaço de descanso

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking entre os países com maior número da síndrome de Burnout. Essa condição é caracterizada por um estresse relativo ao trabalho, normalmente associado com o excesso de cargas horárias e atividades.

Por esse motivo, vale a pena oferecer um breve descanso aos seus colaboradores, tendo um espaço adaptado para o relaxamento com máquina de café expresso profissional, sofás, entre outros móveis confortáveis.

Hoje em dia, várias empresas já contam com espaço para descanso, recomendando que os seus colaboradores passem um tempo lá depois do almoço ou em horários de intervalo.

Além dos tradicionais sofás e máquinas de café, alguns negócios também investem em opções de entretenimento, como:

  • Mesas de sinuca;
  • Videogames;
  • Pequena biblioteca para leitura;
  • Espaço de confraternização;
  • Entre outros.

Portanto, veja como criar um espaço de lazer e relaxamento mais apropriado aos seus funcionários, respeitando os recursos de financiamento da empresa.

6 – Crie um senso de pertencimento

Uma forma de fazer com que os seus colaboradores façam realmente parte da sua empresa é criando o senso de pertencimento. Isso pode ser feito com ações simples, como o uso de uniformes e adesivos para empresas.

Dessa forma, os funcionários têm a noção de comunidade, isto é, que fazem parte daquilo e que o seu trabalho é essencial para garantir o funcionamento do negócio.

Esse sentimento também pode ser despertado de outras formas, como dinâmicas em grupo, trabalhos voluntários, incentivo de equipes, entre outras estratégias. 

É importante conversar com o departamento de RH da empresa, para planejar estratégias assertivas que contribuam com a noção de comunidade entre os colaboradores.

7 – Aprimore o conhecimento dos funcionários

Conhecimento nunca é demais – os colaboradores sabem disso e tendem a se sentir mais motivados quando são incentivados a se informar mais sobre processos, aprender novos conteúdos, ou somente conhecer um novo serviço de produção de rótulos adesivos.

Por isso, vale a pena investir no aprimoramento dos funcionários, por meio de cursos de qualificação, reuniões de treinamento, ou até mesmo programas de bonificação que incluem a oferta de workshops ou aulas.

Vale dizer que alguns treinamentos podem ser ofertados para toda a sua equipe, enquanto outros são direcionados para departamentos específicos. Saiba como escolher o curso ideal para oferecer aos colaboradores.

8 – Promova encontros fora da empresa

As reuniões são fundamentais para toda a empresa, já que por meio delas é possível alinhar o trabalho da melhor maneira. 

No entanto, elas são consideradas “chatas” e maçantes aos colaboradores, por isso, é interessante mesclá-las com encontros descontraídos.

Além de ser uma maneira de motivar os colaboradores, isso torna o clima organizacional muito mais agradável, já que os funcionários conseguem se conhecer melhor quando estão fora da empresa.

Há muitas opções, como propor um happy hour após o expediente, promover uma corrida solidária no final de semana, entre outras alternativas.

As confraternizações de final de ano e festas em datas comemorativas também devem fazer parte do cronograma.

9 – Dê feedbacks positivos

Os feedbacks são extremamente importantes para o sucesso do seu negócio. Entretanto, eles não precisam ser negativos o tempo todo, dá para ensinar algo aos colaboradores quando necessário, mas também reconhecer os bons trabalhos e elogiá-los.

Os feedbacks positivos são extremamente importantes para o reconhecimento profissional. Mais do que motivar os colaboradores, é uma maneira de torná-los mais produtivos e contribuir para a criação de funcionários-modelo, que são exemplos a ser seguidos.

Sendo assim, saiba quando reconhecer os talentos e valorizá-los.

10 – Tenha um plano de carreira

Não adianta nada criar várias ações pontuais na sua empresa, mas não estabelecer metas e perspectivas de longo prazo junto aos colaboradores. Quem se dedica ao trabalho, tem a intenção de crescer profissionalmente, com cargos e salários melhores.

Sendo assim, motivar os funcionários também significa investir em planos de carreira bem estruturados, para que eles possam cumprir os objetivos propostos e trabalhar em prol de algo que desejam.

Para evitar estagnação, converse sempre com os seus colaboradores para conhecer quais são suas necessidades e o que pode ser reformulado no plano de carreira.

11 – Crie um ambiente saudável de trabalho

Estimular o desenvolvimento de um ambiente saudável de trabalho inclui estratégias que priorizam a comunicação, reconheçam as dificuldades e proponha melhorias possíveis no dia a dia de cada funcionário.

Por essa razão, é importante ter canais de diálogo sempre abertos, além de incentivar o uso de ferramentas tecnológicas que diminuam a rotina burocrática, garantindo uma estrutura de qualidade para o trabalho.

Foque sempre em oferecer uma solução, não apenas reclamar do problema.

Conclusão

Ter colaboradores motivados é a chave para o sucesso do seu negócio. Contudo, antes de investir em estratégias para melhorar o clima organizacional, é importante compreender quais são as necessidades da sua equipe.

O artigo de hoje trouxe algumas dicas de como melhorar a motivação no ambiente de trabalho, mas é importante ter um planejamento assertivo e personalizado – e é claro, ouvir o que os seus colaboradores têm a dizer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Flavia Secaf

Author Flavia Secaf

Sócia, Consultora e Coach, Flavia Stuart Secaf especialista em psicologia clínica, psicologia da educação e gestão empresarial, atuou em instituições públicas e privadas como consultora, orientadora e avaliadora educacional. Psicóloga clínica pela PUC-SP e Coach Executiva e Life Coach pelo ICI - Integrated Coaching Institute.

More posts by Flavia Secaf

Comentários no Facebook