Liderança

Como desenvolver a liderança: 5 vantagens e 4 dicas de gestão

By 19 de agosto de 2016 No Comments
Como desenvolver a liderança no trabalho

Liderar é uma das atividades mais importantes quando se trata de gestão organizacional. Isto porque é o líder o responsável por motivar, delegar tarefas, gerenciar conflitos e manter a equipe coesa, além de cuidar da disseminação do conhecimento entre os colaboradores, garantindo que eles tenham as habilidades necessárias. Ou seja, a liderança no trabalho é uma peça fundamental para o bom funcionamento da engrenagem organizacional.

Mas, nesse contexto, como desenvolver a liderança no trabalho?

Como gestor, o líder tem este papel de garantir a qualidade do trabalho da equipe, o que, por sua vez, tem consequências diretas na produtividade da empresa.

Veja nesta postagens quais são as atividades para desenvolver a liderança.

Como desenvolver a liderança no trabalho?

Outro aspecto essencial do desempenho da liderança é a tomada de decisões. São os líderes que decidem os assuntos mais importantes relacionados à área que representam.

Por tudo isso, é fundamental que os ocupantes de cargos de liderança estejam sempre bem preparados. Mas, ninguém nasce líder. Claro que algumas pessoas possuem uma vocação natural para isso, mas as habilidades de liderança podem e devem ser desenvolvidas e aprimoradas. E isto deve ser feito de maneira contínua, por meio de atividades para promover a liderança.

Ou seja, não basta identificar um profissional com capacidade de liderança, designá-lo para a função e esperar que ele conduza a equipe, tome decisões assertivas, trace metas e objetivos, avalie os resultados e corrija eventuais falhas. Semana após semana, mês após mês.

É preciso que, regularmente, o profissional tenha oportunidade para refletir sobre sua prática, o que é mais importante na liderança, trocar experiências com outros líderes e entrar em contato com novas ferramentas e métodos de trabalho.

Em termos práticos, não tem como desenvolver a liderança sem investir no aprimoramento do líder organizacional. Essa providência é essencial e pode trazer grandes benefícios para a empresa. Entre eles, destacamos os cinco principais a seguir:

1. Aumento da produtividade

Treinando o responsável pela equipe, você acaba por investir na equipe inteira, pois a atuação  do líder é determinante ao bom desempenho dos demais colaboradores.

2. Compartilhamento de conhecimento

O aprendizado adquirido pela liderança será difundido entre a equipe, que estará mais competente e segura para realizar suas funções. Para isto, é importante que o líder tenha uma postura próxima à de um mentor, orientando e aconselhando os demais funcionários.

3. Retenção de talentos

Funcionários satisfeitos com seus chefes e colegas têm mais chances de se manter na organização, pois se sentem parte de uma equipe coesa e harmônica. Veja também este artigo sobre como reter talentos em sua empresa.

4. Modernização de gestão e processos

O líder bem capacitado trará para a empresa as mais novas tendências do ramo que atua, garantindo que a organização não perca tempo com atividades e processos obsoletos

5. Aprimoramento dos processos decisórios

Mais capacitado e com a visão ampliada pela troca de conhecimentos e experiências com outras lideranças, o líder terá mais chances de tomar decisões acertadas

Treinar os líderes é, fazer uma verdadeira consultoria de liderança, portanto, é de extrema importância para o crescimento organizacional, tendo em vista que eles são peças-chave dentro das organizações.

Mas não se pode esquecer de investir também no treinamento dos demais colaboradores. Isto é fundamental, pois as pessoas são o principal ativo de uma organização e as principais responsáveis pelo alcance dos resultados traçados.

Além disso, não há como desenvolver a liderança no trabalho sem proporcionar capacitações e cursos. Pode-se, com isso, ainda despertar entre os colaboradores aptidões até então desconhecidas e identificar, inclusive, novas lideranças no trabalho.

4 Fatores Importantes para a Gestão do Negócio

Como desenvolver a liderança no trabalho

Outro importante aspecto da liderança é aquele que se desenvolve no líderes empreendedores.

De um lado, uma ideia inovadora, o sonho de ter o próprio negócio, a possibilidade de lucro, muito otimismo, coragem e disposição para enfrentar os riscos. Do outro, a burocracia, as contas a pagar, os colaboradores desmotivados, a falta de capital de giro, a perda de clientes e a vontade de desistir e jogar tudo para o alto.

Existem momentos durante a administração da empresa em que o trabalho do líder empreendedor parece ser feito sobre uma corda bamba, na qual ele luta para equilibrar os projetos com a realidade nem sempre fácil da gestão do negócio.

Deixar esse cenário para aventurar-se em águas mais calmas é o desejo de toda empresa que pretende se firmar e conseguir ser destaque em sua área de atuação.

O caminho rumo ao amadurecimento do empreendimento e dos gestores não é fácil. E, mais uma vez, não há como desenvolver a liderança no trabalho sem tomar certas atitudes fundamentais.

Para ajudá-lo nessa caminhada, listamos 4 fatores importantes para a gestão e a liderança do seu do negócio. Confira!

1- Não seja centralizador

O erro de muitos gestores é achar que consegue fazer tudo sozinho, centralizando todas as decisões. Empenhe-se na formação de uma equipe de gestores competentes e aprenda a delegar as tarefas.

Com mais pessoas envolvidas na gestão do negócio é mais fácil a identificação dos pontos críticos existentes, possibilitando que seja designado o colaborador mais qualificado para a resolução dos problemas.

2- Mantenha o foco no cliente e no resultado

Evite que os processos internos da gestão organizacional do seu negócio desviem a sua atenção daquilo que realmente interessa: o cliente e os resultados a serem alcançados. Fazer uma pesquisa de mercado para conhecer as necessidades do público consumidor ajuda você a descobrir quais esforços serão utilizados para que seu negócio alcance os resultados esperados.

3- Não descuide da gestão financeira

Muitas vezes há um bom mercado consumidor, o produto ou serviço tem sido bem recebido, existe um bom registro de lucro, mas as contas no final do mês não fecham. A gestão financeira é uma indicação da saúde do seu negócio, por isso esse aspecto também deve ser encarado com profissionalismo. Faça uma avaliação minuciosa da atual situação financeira identificando os problemas que têm afetado o caixa da sua empresa.

Sem uma gestão financeira eficaz, não há garantia de crescimento e nem mesmo de sobrevivência do seu negócio.

4- Trabalhe o seu desenvolvimento pessoal

As exigências da gestão organizacional podem fazer com que o empreendedor se esqueça de olhar para o próprio desenvolvimento.

Pelo excesso de autocrítica ou pela isenção de culpa dos problemas gerenciais, o empreendedor pode acabar perdendo o foco do negócio em sua totalidade e esquecer de exercer adequadamente atividades para desenvolver a liderança

Seja transparente consigo mesmo e faça uma autoanálise, avaliando quais são suas maiores contribuições e onde estão os pontos a serem melhorados. Tenha humildade ainda para fazer o mesmo questionamento aos seus colaboradores.

Lembre-se de que, para o bom desempenho da sua empresa, você deve investir no seu desenvolvimento pessoal, mantendo-se sempre atualizado, em busca de crescimento e da liderança no trabalho. Faça leituras, participe de cursos e seminários, etc.

Conseguiu entender como desenvolver a liderança em seu negócio? Pronto para fazer o uso desses quatro fatores e aperfeiçoar o gerenciamento da sua empresa? Deixe um comentário e participe da conversa!

___________________________________________________________

Copyright © 2014 Setting Consultoria & Gestão Empresarial Ltda. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, arquivada em sistema para recuperação posterior, usada em planilha ou transmitida de qualquer forma ou por qualquer meio – eletrônico, mecânico, fotocópia, ou outro – sem a expressa autorização da Setting Consultoria.

 

Comentários no Facebook